Chamada: Aletria (v. 30, n. 1) – 40 anos de Uma literatura nos trópicos: “entre-lugar”, “cosmopolitismo”, “inserção”

Ao lembrar os 40 anos de publicação do livro Uma literatura nos trópicos (1978), de Silviano Santiago, o dossiê da Aletria: Revista de Estudos de Literatura propõe o debate sobre um conjunto ainda central de temas e questões da literatura e da cultura brasileiras e latino-americanas. Se a tópica da “dependência cultural”, que define o assunto do livro em seu subtítulo, pode até parecer datada, os problemas que ela colocava permanecem, em grande medida, em aberto. A chamada "mundialização da cultura" não parece estar, de fato, gerando exatamente relações multicêntricas ou mais equitativas. Assim, mesmo que não seja exatamente a mesma, continua a existir uma geopolítica mundial da literatura e da cultura com relações e trocas assimétricas e recriação de hierarquias de vários tipos. Mas a atualidade do livro de Silviano Santiago não está apenas nos problemas substantivos com que lida, como também na forma como forja sua abordagem e análise. Seu poder de interpelação é também de ordem teórica, e pode ser testado na concepção, na fatura de texto e na análise crítica geradas de um ponto de vista muito próprio, num cerrado e criativo corpo a corpo com a literatura e com as outras linguagens artísticas e manifestações culturais tratadas no livro. É particularmente para o campo teórico, portanto, que este dossiê propõe voltar sua atenção. Busca ainda estimular a revisão de conceitos e abordagens do livro comemorado de modos não apenas contextualizados, mas também buscando articular categorias desenvolvidas em obras posteriores de Santiago, como “entre-lugar", "cosmopolitismo" e "inserção", por exemplo. Espera-se com isso proporcionar aos leitores uma visão de conjunto da notável obra teórica do crítico mineiro.

Organizadores: Profa. Dra. Eneida Maria de Souza (UFMG), Prof. Dr. André Botelho (UFRJ), Prof. Dr. Rafael Lovisi Prado (Pós-doc- CNPq)

Prazo para submissão: 1º de outubro de 2019.

***

CALL FOR PAPERS: Aletria (v. 20, n. 1) – 40 years of Uma literatura nos trópicos: “space-in-between", “cosmopolitanism” and “insertion”

As we celebrate the 40 years of the publication of Uma literatura nos trópicos (1978), by Silviano Santiago, this issue of Aletria: Revista de Estudos de Literatura proposes a debate on a still central set of themes and questions concerning literature and Brazilian and Latin-American cultures. If the theme of “cultural dependency”, which defines the subject of the book in its subtitle, may even seem outdated, the problems it raised remain, to a large extent, open. The so-called "globalization of cultures" does not really seem to be generating multicentric or relatively equitable relations. Thus, even if the scenario is not exactly the same, there continues to be a world geopolitics of literature and culture with assymetrical relations and exchanges, as well as the recreation of hierachies of various kinds. But the current relevance of Silviano Santiago is not only in the substantive problems it adresses, but also in the way it forges its approach and analysis. Its power of interpelation is also of a theoretical order and can be tested in its conceptual configuration, in the afterlife of the text and in the critical analysis forged from a singular point of view in a close and creative contact with literature and with the other artistic languages and cultural manifestations dealt with in the book. It is particularly to the theoretical field, therefore, that this issue is oriented. Furthermore, it seeks to stimulate the revision of concepts and approaches of the commemorated book in ways that are not only contextualized, but which also seeks to articulate categories developed in later works by Santiago, such as “space-in-between", "cosmopolitanism" and "insertion", for example. We hope, thus, to allow readers a a panoramic view of a remakable theoretical oeuvre by the critic from Minas Gerais, Brazil.

Editors of the issue: Prof. Dr. Eneida Maria de Souza (UFMG), Prof. Dr. André Botelho (UFRJ), Prof. Dr. Rafael Lovisi Prado (Pós-doc- CNPq)

Submission deadline: October 1st 2019.