Mimese, linguagem e poesia: pensamentos sobre origem e repetição em Benjamin e Heidegger

Luiz Felipe da Cunha e Silva

Resumo


Resumo: A partir do pensamento de Benjamin sobre a repetição, a mimese e a semelhança não física, chega-se à linguagem e ao prazer do signo, que são discutidos à luz do pensamento de Heidegger sobre a origem da poesia e da obra de arte. O problema da origem da linguagem faz o pano de fundo da discussão.

Palavras-chave: repetição e linguagem; repetição e técnica; repetição e arte; repetição e poesia.

Abstract: From the thought of Benjamin about repetition, mimesis and not physical resemblance one comes to the language and the pleasure of the sign, which are discussed in the light of Heidegger’s thought about the origin of poetry and artwork. The question of the origin of language is the discussion background.

Keywords: repetition and language; repetition and technique; repetition and art; repetition and poetry.


Palavras-chave


repetition and language; repetition and technique; repetition and art; repetition and poetry.

Texto completo:

PDF

Referências


BENJAMIN, W. Problemas da sociologia da linguagem. Tradução de Manuel Alberto. In: ______. Sobre arte, técnica, linguagem e política. Lisboa: Ed. Relógio d’Água, 1992. p. 197-230.

BENJAMIN, W. Sobre a linguagem em geral e sobre a linguagem Humana. Tradução de Maria Luz Moita. In: ______. Sobre arte, técnica, linguagem e política. Lisboa: Ed. Relógio d’Água, 1992. p. 177-196.

BENJAMIN, W. Teoria das semelhanças. Tradução de Maria Amélia Cruz. In: ______. Sobre arte, técnica, linguagem e política. Lisboa: Ed. Relógio d’Água, 1992. p. 59-92.

BÜHLER, K. Sprachtheiorie. Stuttgart: Fischer, 1965.

CARVALHO, C. de. Para compreender Saussure. Rio de Janeiro: Ed. Rio, 1976.

DELACROIX, H. La langue et la pensée. Paris: Librairie Félix Alcan, 1930.

GOLDSTEIN, K. L’analyse de l’afasie et l’étude de l’essence du langage. In: ______. Psychologie du langage, Paris: Librairie Félix Alcan, 1933. p. 430-496.

HEIDEGGER, M. A questão da técnica. Tradução de Emanuel Carneiro Leão. In: ______. Ensaios e conferências. Petrópolis: Vozes, 2001. p. 11-38.

HEIDEGGER, M. El origen de la obra de arte. In: ______. Arte y poesia. 2. ed. Tradução e prólogo de Samuel Ramos. México: FCE, 1973. p. 35-119.

HEIDEGGER, M. Ser e tempo. Tradução de Márcia de Sá Cavalcanti. Petrópolis: Vozes, 1989.

PULS, M. Problemas da linguagem [mensagem pessoal]. Mensagem recebida por luizfelipe@fau.ufrj.br em 15 de maio de 2015.

RAMOS, S. Prólogo. In: HEIDEGGER, M. Arte y poesia. 2. ed. Tradução e prólogo de Samuel Ramos. México: FCE, 1973. p. 7-34.

SAUSSURE, F. Curso de lingüística geral. Organização de Charles Bally, Albert Sechehaye e Albert Riedlinger. Tradução de Antônio Chelini, José Paulo Paes e Izidoro Blikstein. São Paulo: Cultrix, USP, 1969.

SELIGMANN-SILVA, M. (Org.). Leituras de Walter Benjamin. São Paulo: FAPESP, Annablume, 2007.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2317-2096.26.2.137-156

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Luiz Felipe da Cunha e Silva



Aletria: Revista de Estudos de Literatura
ISSN 1679-3749 (impressa) / ISSN 2317-2096 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.