Descrição prosódica no processo de aquisição: análise preliminar baseada em corpus linguístico infantil

Adriana Bodolay, Pedro Perini-Santos, Patrik Vezali, Lídia Ferreira-Santos, Jéssica Leal, Luísa Ribeiro

Resumo


O presente trabalho, que faz parte do projeto Constituição de corpora infantis longitudinais: o uso linguístico e gestual infantil analisado através da linguística de corpus, aprovado pela FAPEMIG (projeto 00228-14/2016), tem por objetivo apresentar os primeiros resultados encontrados sobre o uso da prosódia na fala espontânea em situação de interação no contexto familiar. A questão central que levantamos: é qual é a relação existente entre as primeiras manifestações linguísticas e as formas prosódicas utilizadas pela criança durante o processo de aquisição. O mini-corpus utilizado para análise é constituído por 42 enunciados de uma criança do 5o ao 7o mês selecionados do corpus infantil em constituição. Restringimos a análise às produções que classificamos como vocalizações registradas. Observamos o movimento melódico, descrevendo-o com base no correlato acústico da frequência fundamental (F0), no que tange à direção da curva, bem como o registro.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Anais do Colóquio Brasileiro de Prosódia da Fala - ISSN 2237-6836