Análise quantitativa de contornos de F0 em espanhol como língua estrangeira utilizando Dynamic Time Warping

Cristiane C. Silva, Pablo Arantes

Resumo


O objetivo deste estudo foi analisar a entoação do espanhol falado como língua estrangeira por brasileiros (doravante E/LE). Para isso, foi utilizada a técnica Dynamic Time Warping (DTW) para medir as diferenças entoacionais entre enunciados de extensões diferentes em E/LE, espanhol como língua materna (doravante E/LM) e português brasileiro como língua materna (doravante PB/LM). Foram analisadas três modalidades de enunciado: declarativas neutras e interrogativas totais e parciais lidas isoladamente e em contexto, ou seja, inseridas em uma narrativa. Participaram do estudo 15 brasileiros e cinco espanhóis. Por oferecer uma medida objetiva de similaridade/dissimilaridade entre os contornos de F0, a técnica pode ser futuramente utilizada na determinação do nível de aprendizagem da entoação em E/LE, pois quantifica as diferenças dos contornos de F0 em E/LE comparados com E/LM e PB/LM. A análise global demonstrou que os contornos de F0 das declarativas e interrogativas totais em E/LE estão mais próximos aos mesmos contornos em E/LM e os contornos das interrogativas parciais se aproximam mais do PB/LM. A análise por informante em E/LE revelou, porém, grande variabilidade nas produções dos brasileiros tanto em E/LE como em PB/LM.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Anais do Colóquio Brasileiro de Prosódia da Fala - ISSN 2237-6836