Efeitos do vozeamento não modal na descrição estatística de amostras de frequência fundamental

Isabela de Jesus Silveira, Pablo Arantes

Resumo


Neste trabalho testamos o efeito da presença de vozeamento não modal em amostras de fala sobre uma metodologia desenvolvida previamente para a determinação do tamanho mínimo da amostra de fala necessário para o cálculo de três diferentes estimadores estatísticos de tendência central ou valor típico da frequência fundamental (F0): a média, a mediana e o valor de base. No corpus usado para testar a metodologia, composto por amostras de fala de 70 falantes e sete línguas diferentes, quase 80% dos falantes apresentam uma porcentagem não nula de valores de F0 que estão abaixo da faixa do registro modal de fonação. Essa porcentagem pode ser de até 30% do total de valores de F0. A presença de um número significativo de valores de F0 no registro não modal aumenta a variabilidade da amostra e pode introduzir vieses tanto nos valores dos estimadores estatísticos quanto no tempo necessário para sua estabilização. Isso torna importante o estudo do impacto do vozeamento não modal na metodologia desenvolvida anteriormente. Para realizar esse objetivo foram necessários processos que replicavam a metodologia utilizada em trabalhos anteriores [1], [2] como a extração dos contornos de F0 de todos os falantes em todos os estilos presentes no corpus (totalizando 210 amostras), a geração de histogramas desses contornos de F0 a fim de determinar visualmente os limites do registro modal e do não modal em organizações bimodais dos contornos, e algumas estatísticas que apresentaram a forte prevalência do registro não modal no número total das amostras de fala das sete línguas analisadas. Além disso, também foram realizados testes estatísticos para a determinação da influência do registro não modal nos valores dos estimadores estatísticos e em seus respectivos tempos de estabilização. Os resultados mostraram que a exclusão da parte não modal dos contornos de F0 não provocou mudanças significativas nos tempos de estabilização. Os resultados são os mesmos para os três estimadores testados, média, mediana e valor de base.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Anais do Colóquio Brasileiro de Prosódia da Fala - ISSN 2237-6836