A PERCEPÇÃO DE ALUNOS DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E QUÍMICA DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA DO APRENDIZADO DA FÍSICA POR VIDEOTUTORIAS: UM ESTUDO DE CASO DO POLO DE NOVA FRIBURGO

Adriana Oliveira Bernardes

Resumo


Na impossibilidade de atendimento presencial, que é o que ocorre no momento em cursos semipresenciais do Consórcio Cederj, vários recursos foram utilizados junto aos alunos a fim de que seu processo de ensino e aprendizagem fosse garantido e que o mesmo pudesse continuar aprendendo mesmo sem as tutorias presenciais que são importantes, principalmente no caso das disciplinas da área de Física, as quais tanto licenciandos em Ciências Biológicas, como da Química necessitam cursar. O objetivo deste artigo é discutir o recurso videotutorias no aprendizado à distância da disciplina ICF2 (Introdução às Ciências Físicas 2) para sondar a percepção dos alunos sobre o recurso. Para isto, foi aplicado questionário aberto à seis alunos que cursavam a disciplina no 1o semestre de 2020 e que participaram das videotutorias. Os resultados mostram que os alunos têm uma visão positiva do recurso, acreditam que podem aprender física através dele e julgam que as tutorias foram dinâmicas e produtivas.

Palavras-chave


Videotutorias, Recursos da Web 2.0, Ensino de Física, Educação à Distância.

Texto completo:

PDF

Referências


Referências

ALMEIDA, Clarisse de Mendonça e, MANTILLA, Samira Pirola, PERDIGÃO, Luciana Tavares, RODRIGUES, Marcelo Gomes. Percepções sobre uso da videotutoria na visão de docentes e designers instrucionais. Disponível em: .Acesso em: 01 de junho de 2020.

ALMEIDA, Clarisse de Mendonça e, MAGUELA, Verônica Zegur, Tecnologia Interativa e Mediação Pedagógica: Experiências com a Videotutoria no Consórcio Cederj. Disponível em: .Acesso em: 01 de junho de 2020.

BRUNO, Adriana R. OS FÓRUNS DE DISCUSSÃO COMO ESPAÇOS DE APRENDIZAGEM EM AMBIENTES ON-LINE: FORMANDO COMUNIDADES DE GESTORES. Disponível em: < www.abed.org.br/congresso2007/tc/420200712027PM.pdf > . Acessado em 31/05/2020.

CABEDA, Marcelo. O chat-fórum: Uma ideia de uso híbrido, síncrono e assíncrono, através de uma única ferramenta normalmente assíncrona, o fórum virtual. Disponível em:< https://docplayer.com.br/3694779-O-chat-forum-uma-ideia-de-uso-hibrido-sincrono-e-assincrono-atraves-de-um-unica-ferramenta-normalmente-assincrona-o-forum-virtual-05-2005.html >. Acessado em 12/07/2019.

GERHARDT, T.; SILVEIRA, D. T. Métodos de pesquisa. Coordenado pela Universidade Aberta do Brasil – UAB/UFRGS e pelo Curso de Graduação Tecnológica – Planejamento e Gestão para o Desenvolvimento Rural da SEAD/UFRGS. – Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009. Disponível em: < http://www.ufrgs.br/cursopgdr/downloadsSerie/derad005.pdf>

MORAN, J. M. O que é educação a distância. São Paulo: Loyola, 2002.

PRIMO, Alex. O aspecto relacional das interações na Web 2.0. E-Compós, Brasília, v.9, p. 1-21, ago. 2007. Disponível em: < http://www.compos.org.br/seer/index.php/e-compos/article/viewFile/153/154>. Acesso em: 10 jan. 2012.

ROESLER, Rafael. Web 2.0 Interações Sociais e Construção do Conhecimento. VII SIMPED – Simpósio Pedagógico e Pesquisas em Educação – 2012. Disponível em: https://www.aedb.br/wp-content/uploads/2015/04/45817495.pdf Acesso em: 10/09/2019

SANTOS, Fernanda Marsaro dos. Análise de Conteúdo: A visão de Laurence Bardin. Revista Eletrônica de Educação, v. 6, n. 1, mai. 2012. Resenhas. ISSN 1982-7199. Programa de Pós-Graduação em Educação. Disponível em:< file:///C:/Users/fisic/AppData/Local/Packages/Microsoft.MicrosoftEdge_8wekyb3d8bbwe/TempState/Downloads/291-1411-1-PB%20(1).pdf>. Acesso em 01 de junho de 2020.

SOARES, Elisangela L. FERNANDES JR, Álvaro M. ALMEIDA, Siderly do C. D. ZANONI, Eliane, COELHO, Katia S. FÓRUM: MEIO DE INTERAÇÃO NA EAD. Disponível em:

www.abed.org.br/hotsite/20-ciaed/pt/anais/pdf/205.pdf>. Acessada em: 10/09/2019.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2317-0239 (Eletrônico)

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.