REFLETINDO INCLUSÃO DIGITAL NO ENSINO SUPERIOR EM TEMPOS DE PANDEMIA: AÇÕES QUE TRANFORMAM EXCLUSÃO NA INCLUSÃO NO ENSINO REMOTO EMERGENCIAL

Gleison Araujo Morais

Resumo


Considerando a pandemia da Covid-19 que atingiu o mundo todo e refletindo o Brasil especificamente, todas as redes de Ensino Superior teve o desafio de refletir e desenvolver planos que adequassem as atividades presenciais de seus cursos para atividades remotas. Caso consideremos a ampla presença da realidade virtual em nossa sociedade globalizada, migrar as atividades presenciais para atividades remotas seria algo comum para uma sociedade habituada ao uso dos recursos digitais. Porém, também é sabido que o Brasil possui proporções continentais e a desigualdade social está presente em muitos contextos, tal desigualdade muitas vezes privam as pessoas do acesso cotidiano às tecnologias, contribuindo para a exclusão digital. Sendo assim, esse trabalho, através de pesquisa bibliográfica, busca instigar reflexões a partir da seguinte questão: Quais ações estão sendo realizadas para que o Ensino Superior atinja todos os estudantes na modalidade remota, contribuindo para a inclusão digital? Considerando o exemplo do plano de ação para a adequação das atividades presenciais em atividades remotas desenvolvido pela Universidade de Brasília, conclui-se que não basta apenas transformar modalidade presencial em remota. O ensino mediado pelas tecnologias é um caminho promissor em tempos de isolamento físico, porém pesquisas e projetos de inclusão digital precisam ser elaborados entre instituições, para que o ensino chegue a todos e não contribua para uma segregação e exclusão digital.

Palavras-chave


inclusão digital; ensino superior; ensino remoto emergencial; inclusão social

Texto completo:

PDF

Referências


ARRUDA, E. P. Educação remota emergencial. elementos para políticas públicas na educação brasileira em tempos de Covid-19. Revista de educação a distância. v.7, n.1, p.257-275, 2020.

BONILHA, M. H. S.; OLIVEIRA, P. C. S. Inclusão digital: ambiguidades em curso. In: BONILLA, M. H. S.; PRETTO, N. D. L., (Orgs.) Inclusão digital: polêmica contemporânea [online]. Salvador: EDUFBA, 2011, p.23-48. Disponível em: Acesso em: 07/08/2020.

CABEDA, Marcelo. Inclusão digital e educação on-line em prol da cidadania: pontos para reflexão. Revista Brasileira de Aprendizagem Aberta e a Distância, São Paulo, Fevereiro. 2004

DIAS, Lia Ribeiro. Inclusão digital como fator de inclusão social. In: BONILLA, M. H. S.; PRETTO, N. D. L., (Orgs.) Inclusão digital: polêmica contemporânea [online]. Salvador: EDUFBA, 2011, p. 61-90. Disponível em: Acesso em: 07/08/2020.

GABINETE DA REITORIA. Cepe discute resolução sobre a retomada do calendário acadêmico. UNB notícias. Brasília, 03 de Jul. de 2020. Disponível em: < http://noticias.unb.br/76-institucional/4268-cepe-discute-resolucao-sobre-a-retomada-do-calendario-academico>. Acesso em: 10 de ago. de 2020.

GABINETE DA REITORIA. Reitora conversa com estudantes sobre a retomada das atividades. UNB notícias. Brasília, 09 de Jul. de 2020. Disponível em: < https://tecnoblog.net/247956/referencia-site-abnt-artigos/>. Acesso em: 10 de ago. de 2020

GABINETE DA REITORIA. Edital de apoio à inclusão digital está disponível. UNB notícias. Brasília, 14 de Jul. de 2020. Disponível em: < http://noticias.unb.br/112-extensao-e-comunidade/4299-edital-de-apoio-a-inclusao-digital-esta-disponivel>. Acesso em: 10 de ago. de 2020.

HAN, Byung-Chul. Sociedade do Cansaço. Tradução: Enio Paulo Giachini. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2015.

KENSKI, V. M. Tecnologia e Tempo Docente. 1ª ed. São Paulo: Papirus, 2013.

MATTOS, F. A. M.; CHAGAS, G. J. N. Desafios para a Inclusão Digital no Brasil. Perspectivas em Ciência da Informação, v.13, n.1, p.67-94, jan./abr. 2008.

SANTOS, S. S. A inclusão digital requer novo pacto social entre governos e sociedade. Inclusão Social, Brasília, v. 1, n. 1, p. 24-27, out./mar., 2005

SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO DA UNB. Estudante pode se inscrever para atuar como tutor de inclusão digital. UNB notícias. Brasília, 30 de Jul. de 2020. Disponível em: < http://noticias.unb.br/67-ensino/4342-estudante-pode-se-inscrever-para-atuar-como-tutor-de-inclusao-digital>. Acesso em: 10 de ago. de 2020

SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO DA UNB. UnB amplia inclusão digital para estudantes durante pandemia. UNB notícias. Brasília, 07 de Ago. de 2020. Disponível em: < http://noticias.unb.br/112-extensao-e-comunidade/4361-unb-amplia-inclusao-digital-para-estudantes-durante-pandemia>. Acesso em: 10 de ago. de 2020

SILVEIRA, Sergio Amadeu. Para além da inclusão digital: poder comunicacional e novas assimetrias. In: BONILLA, M. H. S.; PRETTO, N. D. L., (Orgs.) Inclusão digital: polêmica contemporânea [online]. Salvador: EDUFBA, 2011, p. 49-59. Disponível em: Acesso em: 07/08/2020

SOARES, Magda. Letramento e alfabetização: as muitas facetas. Revista Brasileira de Educação. n.25, p.05-17, 2003.

TORRES, Thaise. O que esperar da retomada do calendário acadêmico da Universidade de Brasília? UNB notícias. Brasília, 10 de Ago. de 2020. Disponível em: < https://noticias.unb.br/67-ensino/4362-o-que-esperar-da-retomada-do-calendario-academico-da-universidade-de-brasilia>. Acesso em: 10 de ago. de 2020


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2317-0239 (Eletrônico)

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.