ABORDAGEM HÍBRIDA NA PERSPECTIVA DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NA EDUCAÇÃO

Mayara Xavier Vito Pezarino, Igor Pereira Muniz, Lorrane Estacio do Prado da Silva, Joane Marieli Pereira Caetano

Resumo


A temática do presente artigo é a abordagem da aprendizagem híbrida como uma tendência inovadora no ambiente educacional. Desse modo, em linhas gerais, pretende-se discutir como a aprendizagem híbrida pode ser relevante para a adaptação ao ambiente virtual de ensino e aprendizagem (AVEA). Mais especificamente, o trabalho vem apresentar a utilização das TDIC na educação, contextualizar o tema sobre a aprendizagem híbrida e, depois, discorrer sobre os desafios e possibilidades para a personalização do ensino. Metodologicamente, trata-se de uma pesquisa de cunho bibliográfico, baseada nos seguintes autores: Andrade; Souza (2016), Bacich; Moran (2015; 2018), Martins (2016), Moran (2015;2018), Silva; Sanada (2018) Sunaga; Carvalho (2015) e Valente (2018). Como resultado, conclui-se que o uso restrito das práticas tradicionais de ensino não correspondem mais às necessidades dos discentes do século XXI, uma vez que com tantos avanços tecnológicos, torna-se necessária a adoção de métodos inovadores.

Palavras-chave


Aprendizagem Híbrida, Tecnologia; Ensino

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Maria do Carmo F. de; SOUZA, Patricia Rodrigues de. Modelos de rotação do

ensino híbrido: estações de trabalho e sala de aula invertida. Disponível em:

. Acesso em: 14 jul. 2020.

BACICH, Lilian; MORAN, José. Aprender e ensinar com foco na educação híbrida. Revista

Pátio, n. 25, jun. 2015. Disponível em: . Acesso em: 13 jul. 2020.

______. Metodologias ativas para uma educação inovadora. Porto Alegre: Penso, 2018.

MARTINS, Lilian Cassia Bacich. Implicações da organização da atividade didática com

uso de tecnologias digitais na formação de conceitos em uma proposta de ensino híbrido.

317 f. Tese (Doutorado em Psicologia) – USP, Programa de Pós-Graduação em

Psicologia, Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, 2016. Disponível em:

. Acesso em: 14 jul. 2020.

MORAN, José. Mudando a educação com metodologias ativas. In: SOUZA, C. A.;

MORALES, O. E. T. (orgs). Coleção Mídias Contemporâneas. Convergências Midiáticas,

Educação e Cidadania: aproximações jovens. Ponta Grossa: PROEX/UEPG, v. 2, p. 15-33,

Disponível em: . Acesso em: 27 jul. 2020.

______. Metodologias ativas para uma aprendizagem mais profunda. In: BACICH, Lilian;

MORAN, José. Metodologias ativas para uma educação inovadora. Porto Alegre: Penso,

SILVA, Ivaneide Dantas da; SANADA; Elizabeth dos Reis. Procedimentos metodológicos

nas salas de aula do curso de pedagogia: experiências de ensino híbrido. In: BACICH, Lilian;

MORAN, José. Metodologias ativas para uma educação inovadora. Porto Alegre: Penso,

SUNAGA, Alexsandro; CARVALHO, Camila Sanches. As tecnologias digitais no ensino

híbrido. In: BACICH, Lilian; NETO, Adolfo Tanzi; TREVISANI, Fernando de Mello.

Ensino híbrido: personalização e tecnologia na educação. Porto Alegre: Penso, 2015.

VALENTE, José Armando. A sala de aula invertida e a possibilidade do ensino

personalizado: uma experiência com a graduação em midialogia. In: BACICH, Lilian;

MORAN, José. Metodologias ativas para uma educação inovadora. Porto Alegre: Penso,


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2317-0239 (Eletrônico)

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.