ENSINO A DISTÂNCIA: FUNDAMENTOS E PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS

Marco Thulio Vieira Lopes, Elayne de Moura Braga

Resumo


O Ensino a Distância (EaD), modalidade de educação efetivada através uso de Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação, onde professores e alunos estão separados fisicamente no espaço e/ou no tempo, tem tido grande expansão. O objetivo deste artigo é apresentar esta modalidade de ensino no que tange seus fundamentos e suas principais características. Neste sentido, são abordados brevemente alguns conceitos, o desenvolvimento histórico, a legislação brasileira, assim como alguns dados estatísticos. Dentre as principais características do EaD, enfatizamos a interatividade e a autonomia e abordamos também um dos grandes desafios do EaD: a evasão. O presente artigo evidencia a necessidade e importância de pesquisas na área.

Palavras-chave


Ensino a Distância; Tecnologias da Informação e Comunicação; Evasão

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Lucineia. Educação a distância: conceitos e história no Brasil e no mundo. Revista

Brasileira de Aprendizagem Aberta e a Distância, v. 10, 2011.

BELLONI, Maria. Luiza. Educação a distância. 5. ed. Campinas: Autores Associados, 2008.

BRASIL, Constituição; BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as

diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, v. 134, n. 248, 1996.

BRASIL, MEC. Decreto n. 5.622, de 19 de dezembro de 2005. DOU, Brasília, n. 243, 2005.

BRASIL, MEC. Referenciais de qualidade para educação superior a distância. Secretaria

de Educação a Distância. Ministério da Educação.

Censo EAD.BR: relatório analítico da aprendizagem a distância no Brasil 2018 = Censo

EAD.BR: analytic report of distance learning in Brazil 2018 [livro eletrônico]/[organização]

ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância. Camila Rosa (tradutora). Curitiba:

InterSaberes, 2019.

COSTA, Renata Luiza da; SANTOS, Júlio César dos. A evasão em cursos técnicos a

distância. Educ. rev., Curitiba , n. 66, p. 241-256, Dec. 2017 .

DEMO, Pedro. Formação permanente e tecnologias educacionais. In: Formação permanente

e tecnologias educacionais. 2006.

FARIA, Débora SA; MOURA, Dante Henrique. Desistência e permanência de estudantes de

ensino médio do proeja. HOLOS, v. 4, p. 151-165, 2015.

HOUAISS, Antônio; VILLAR, Mauro; DE MELLO FRANCO, Francisco Manoel. Dicionário

Houaiss da língua portuguesa. 2009.

JOHANN, Cristiane Cabral et al. Evasão escolar no Instituto Federal Sul-Rio-Grandense: um

estudo de caso no campus Passo Fundo. 2012.

KEEGAN, Desmond. Foundations of distance education. Psychology Press, 1991.

LOBO, R. Panorama da evasão no ensino superior brasileiro: aspectos gerais das causas e

soluções. ABMES, Cadernos n. 25, 2012. Disponível em:

http://www.institutolobo.org.br/imagens/pdf/artigos/art_087.pdf >. Acesso em: 24 set. 2020.

LOPES, Luís Fernando; FARIA, Adriano Antônio. O que e o quem da EaD: história e

fundamentos. Curitiba: InterSaberes, 2013.

MINTO, Lalo Watanabe. Teoria do Capital Humano. Navegando na História da Educação

Brasileira. Campinas, 2001.

MOORE, M.; KEARSLEY, G. Educação a distância: uma visão integrada. São Paulo:

Cengage Learning, 2007.

NUNES, Ivônio Barros. Noções de educação a distância. Revista educação à distância, v. 4,

n. 5, p. 7-25, 1994.

PALANGE, I.; MESQUITA, D.; LEMOS, M. F. R. Educação a Distância: o material impresso

não morreu. In: CONGRESSO INTERNACIONAL ABED DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA,

, 2009, Fortaleza.

PEREIRA, Debora; HAHN, Fábio André; BOVO, Marcos Clair. A Sala de Aula Invertida como

possibilidade no combate à evasão escolar. Multitemas, p. 51-72, 2020.

PETERS, O. A Educação a Distância em Transição: Tendências e Desafios. Trad. Leila

Ferreira de Souza Mendes. São Leopoldo: Unisinos, 2009.

PIVA JR, Dilermando; DE FREITAS, Ricardo L. A utilização de Tecnologias Colaborativas

no desenvolvimento de habilidades e atitudes em Estudantes de Cursos na área Tecnológica.

In: CONGRESSO INTERNACIONAL ABED DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA, 15. 2009

Fortaleza.

PRETI, Oreste. Fundamentos e políticas em educação a distância. Curitiba: Ibpex, 2002.

SANTOS, Lílian Carmen Lima dos. Educação a distância na formação dos professores.

Formação de professores: política e profissionalização. Alagoas: Edufal, p. 35-65, 2004.

SAVIANI, Dermeval. História das ideias pedagógicas no Brasil. Autores Associados, 2010.

SETÚBAL, Maria Alice. Equidade e desempenho escolar: é possível alcançar uma educação

de qualidade para todos?. Revista brasileira de estudos pedagógicos, v. 91, n. 228, 2010.

WOODLEY, A.; SIMPSON, O. Evasão: o elefante na sala. Educação a distância online:

construindo uma agenda de pesquisa. São Paulo: Artesanato Educacional, p. 473-498, 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2317-0239 (Eletrônico)

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.