A FORMAÇÃO DO ASSISTENTE SOCIAL E DO PSICÓLOGO E O SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL – SUAS: CONTRIBUIÇÕES DA FENOMENOLOGIA

Ana Paula Sá Silva, Yuri Elias Gaspar

Resumo


O presente artigo tem o objetivo de discutir a formação de Assistentes Sociais e Psicólogos em relação a atuação no Sistema Único de Assistência Social – SUAS, bem como sinalizar contribuições iniciais da fenomenologia para compreensão dessa interação. Para isso faremos uma breve retomada da construção do SUAS e do processo de formação de Assistentes Sociais e Psicólogos no âmbito acadêmico, dessa relação apontaremos problematizações em torno da formação que impactam na atuação no SUAS. A fenomenologia coloca-se neste estudo como forma de apreensão da relação entre formação e atuação no SUAS. O modo como esse processo de formação é vivido e elaborado por esses sujeitos e a forma como ressoa na atuação no contexto da assistência social conduz esse estudo para necessidade de refletir também a partir de aspectos subjetivos, bem como do entendimento sociocultural o qual esses profissionais estão inseridos.

https://eventos.textolivre.org/moodle/mod/forum/discuss.php?d=1129


Palavras-chave


formação; psicologia; serviço social; assistência social; fenomenologia

Texto completo:

Sem título PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2317-0239 (Eletrônico)

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.