A INTERTEXTUALIDADE NA CONSTRUÇÃO DE SENTIDOS EM MÚSICAS DO POP NACIONAL

Gustavo Gomes Siqueira da Rocha, Alberto Lopo Montalvão Neto, Carina de Almeida Coelho

Resumo


Ao longo das últimas décadas, a expansão cultural pop no Brasil evidenciou novos cantores e músicas, solidificando-se no cenário musical nacional. Reconhecendo a importância e diversidade desse gênero musical, o artigo busca, ancorado aos pressupostos de Fiorin (2016), apresentar as relações intertextuais que músicas pop atuais vêm estabelecendo com outras canções e a relação dessa intertextualidade na construção de sentido de suas letras. Para a efetivação de tal análise, foi constituído um corpus de análise com base em três músicas pop de sucesso, lançadas nos últimos três anos por cantores nacionais. A partir de um movimento descritivo-interpretativo, refletimos sobre as relações dialógicas externas (MACIEL, 2017) e sobre as relações de intertextualidade (JENNY, 1979) que essas músicas constroem ao se relacionarem com outras músicas que foram lançadas anteriormente a elas.

Palavras-chave


Ensino de línguas; músicas; intertextualidade

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2317-0239 (Eletrônico)

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.