ESCRITA DIGITAL: PROTAGONISTA OU REFÉM?

Wagner Pereira de Souza

Resumo


Resumo – dominar a escrita seja em qualquer nível sempre exige uma dedicação mais ampla para que se alcance um produto apreciável. Nesse contexto, escrever no computador é uma prática que exige conhecimentos prévios da escrita “manual”. Não há dúvidas de que a tecnologia veio para somar e facilitar a vida do ser humano. Entretanto, faz-se necessário que o homem domine a máquina, pois se assim não for, o mesmo se tornará refém dela, de maneira que está de posse de uma ferramenta esplêndida, porém sem domínio da mesma. Nessa vertente, este trabalho reflete sobre as questões da escrita à mão x escrita online ou digital através de teorias que elucidam o tema abordado. Sendo assim, foi possível verificar por meio desse estudo a importância da junção que há entre os dois fatores. Nesse caso, conjugar os conhecimentos prévios à escrita na do computador é sinônimo de sucesso, mas em contrapartida o inverso disso não concebe como um fator de relevância. A escrita digital se configura como indispensável à figura humana, pois à medida que a tecnologia avançou e avança a cada dia, ele, o computador, torna-se cada vez mais a ferramenta utilizada para diversos fins. Dessa forma, para desenvolvimento desta análise foi selecionado como principais autores: Bakhtin (1997); Polato (2013); Faquim (2012); Alves e Leite (2018) e Glória (2012). Essas teorias dão suporte ao escopo de análise proposto neste estudo.

Palavras-chave


Escrita; Computador; Conhecimento.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Dijalva Ferreira Lima e LEITE, Maria Jucilene Lopes - As Dificuldades dos Alunos

do Ensino Médio na Aprendizagem da Língua Portuguesa: Um Estudo de Caso na Escola

Estadual São João Batista – Araripina – Pernambuco, Brasil - Id on Line Rev. Mult. Psic.

V.12, N. 41, p. 991-1005 2018 - ISSN 1981-1179 – disponível em:

https://idonline.emnuvens.com.br/id/article/viewFile/1279/1867 - acesso em: 07 de jul. de

ANDRADE, Carlos Drummond apud FUKS, Rebeca. Poema No Meio do Caminho, de

Carlos Drummond de Andrade, 2019 – disponível em: https://www.culturagenial.com/poemano-meio-do-caminho-de-carlos-drummond-de-andrade/ - acesso em: 07 de jul. de 2020.

BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. Martins Fontes, São Paulo: 1997.

FAQUIM, Patrícia. Tecnologias: Ferramentas inovadoras na Educação, 2012 – disponível em:

http://pedagogafaquinn.blogspot.com/2012/05/leitura-e-escrita-digital.htm - acesso em: 09 de

jul. de 2020.

FREITAS, Maria Teresa de Assunção. Escrita teclada: uma nova forma de escrever? – s/d –

disponível em: http://23reuniao.anped.org.br/textos/1011t.PDF - acesso em 08 de jul. de 2020.

GLÓRIA, Juliana Silva. A alfabetização e sua relação com o uso do computador: o suporte

digital como mais um instrumento de alfabetização na escola -

http://periodicos.letras.ufmg.br/index.php/textolivre Ano: 2012 – Volume: 5 – Número: 2 –

disponível em: file:///C:/Users/pc/Downloads/1750-23851-1-PB.pdf – acesso em: 07 de jul.

de 2020.

POLATO, Adriana Delmira Mendes. A mediação do professor nas diferentes etapas do

processo de produção textual escrita. 2013 - ISSN 2175-4195 – disponível em:

http://www.fecilcam.br/anais/v_enieduc/data/uploads/letras/trabscompletos/let01704829950.p

df - acesso em: 03 de jul. de 2020.

ROCHA, Paula. Os benefícios de escrever à mão, 2016 – disponível em:

https://istoe.com.br/106164_OS+BENEFICIOS+DE+ESCREVER+A+MAO/ - acesso em 07

de jul. de 2020.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2317-0239 (Eletrônico)

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.