ENSINO EM CONEXÃO: O YOUTUBE COMO FERRAMENTA PEDAGÓGICA DE APRENDIZAGEM MATEMÁTICA

Ana Lucia do Carmo Narciso, Adrielle Lourenço de de Sá, Luciana do Carmo Narciso

Resumo


Nos últimos anos as instituições educacionais brasileiras vêm passando por um processo de intensas transformações acerca das perspectivas de ensino e aprendizagem por conta da inserção, cada vez mais acentuada, de tecnologias no âmbito escolar. Nesse sentido, a produção de pesquisas que se debrucem em discussões sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC’s) em práticas de ensino na modalidade Educação a Distância (EAD) torna-se cada vez mais pertinente. Esta pesquisa de cunho qualitativo tem como objetivo discutir as potencialidades do YouTube enquanto meio de difusão de vídeos educativos, que visam instruir os alunos na aprendizagem de matemática. Para isso, apresentamos os seis principais canais que se voltam para o ensino da disciplina. Da análise realizada pudemos concluir que além de disponibilizar videoaulas de matemática e diversos outros conteúdos, esses canais também produzem vídeos orientando os estudantes sobre a forma como devem estudar utilizando o canal e fazer seu plano de estudos individual. Assim, o YouTube, por meio de sua acessibilidade, e com a disponibilização de conteúdos audiovisuais dinâmicos e interativos configura-se como uma extensa rede de ensino e aprendizagem, conectando alunos e professores de diversas localidades.


Palavras-chave


Ensino; Matemática; YouTube; Tecnologias; Educação

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Clarisse de Mendonça e. As videoaulas e o YouTube: Um mar de possibilidades. São Carlos: Inovaeh, p.1-6, 2019. Disponível em: . Acesso em: 4 de jul. 2020.

ALMEIDA, Clarisse de Mendonça e.YouTube Edu: Plataforma educacional São Carlos: Inovaeh, p.1-6, 2019a. Disponível em: . Acesso em: 4 de jul. 2020.

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. O que é Educação a Distância?. 2018. Disponível em: < http://portal.mec.gov.br/escola-de-gestores-da-educacao-basica/355-perguntas-frequentes-911936531/educacao-a-distancia-1651636927/12823-o-que-e-educacao-a-distancia#:~:text=Educa%C3%A7%C3%A3o%20a%20dist%C3%A2ncia%20%C3%A9%20a,tecnologias%20de%20informa%C3%A7%C3%A3o%20e%20comunica%C3%A7%C3%A3o.>. Acesso em: 04 jul. 2020.

CAMARGO, L.D.V.L; GAROFALO, S.; COURA_SOBRINHO, J. Migrações da aula presencial para a videoaula: uma análise da alteração de mídium. Sorocaba: Quaestio, v.13, n.2, p.79-91, nov.2011

CASARIN, Nelson Elinton Fonseca; RUBI, Geiseane Lacerda. Estratégias para o ensino de Matemática para suprir defasagens provenientes da educação básica e diminuir a evasão nas Instituições de Ensino Superior. In: SEMANA DE EXTENSÃO, PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO - SEPESQ CENTRO UNIVERSITÁRIO RITTER DOS REIS, 10., 2014, Zona Sul. Anais... . Zona Sul, 2014. p. 01 - 09.

LISBÔA, Eliana Santana; JUNIOR, João Batista Bottentuit; COUTINHO, Clara Pereira. O contributo do vídeo na educação online. In: Congresso Internacional Galego-Português de Psicopedagogia- Universidade do Ninho, 10., 2009, Braga. Anais [...], Braga, 2009.p. 5858- 5868.

MOURA, Gabriela Beatriz Ferraz de; FREITAS, Lúcia Gonçalves de. O YouTube como ferramenta de aprendizagem. Revelli, Inhumas, v. 10, n. 3, p. 259-272, set. 2018.

PECHI, Daniele. 8 razões para usar o YouTube em sala de aula. Nova Escola, 8. Disponível em < https://novaescola.org.br/conteudo/1350/8-razoes-para-usar-o-youtube-em-sala-de-aula>. Acesso em: 4 jul. 2020.

YOUTUBE Edu. 2020. Disponível em: https://www.youtube.com/channel/UCs_n045yHUiC-CR2s8AjIwg. Acesso em: 04 jul. 2020.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2317-0239 (Eletrônico)

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.