ALTERNATIVAS TECNOLÓGICAS PARA APLICAR A LEI 10639/03 NAS ESCOLAS

Leticia da Rocha de Araújo

Resumo


O Brasil ficou marcado com uma história triste de exploração contra o povo negro. Esse erro histórico deixou marcas e preconceitos difíceis de serem debatidos até hoje. Com a Lei 10639/03 que fala sobre a obrigatoriedade do ensino da cultura e história do povo negro nas escolas, surge alguns desafios, para conseguir colocar em prática essa orientação. Embora existam programas como o “Plano Nacional do Livro Didático” e alguns outros recursos, as escolas por vezes carecem de material apropriado para trabalhar a literatura afro-brasileira, seja no ensino fundamental, seja no ensino médio. O presente trabalho tem como principal foco abordar como os profissionais da educação podem utilizar sites como instrumentos didáticos no processo de aprendizagem da literatura afro-brasileira nas escolas. O objetivo geral é identificar quais principais meios eletrônicos os educadores têm de forma gratuita na internet a fim de acessar textos e conteúdo para trabalhar a literatura afro-brasileira. Diante disso, definiram-se como objetivos específicos conceituar alguns sites que abarcam a temática racial de modo positivo. Bem como, esclarecer o processo de aprendizagem que visa minimizar crimes raciais. Abordar a literatura afro-brasileira contribui com o conhecimento dos indivíduos da sociedade brasileira também minimiza preconceitos contra o povo negro. Com isso, é possível pensar na internet como uma boa ferramenta para os professores acessarem a literatura afro-brasileira em ambientes onde essas obras não estão disponíveis em modo impresso. Para ajudar no entendimento da importância em se discutir esse tipo de literatura nas escolas conta-se com Munanga (2005). O presente estudo consiste em pesquisa de caráter descritivo, com resultados tratados de modo qualitativo, a partir da coleta de dados secundários. Com o levantamento das informações ao longo da pesquisa e das análises das informações foi possível concluir que por meio da internet é possível acessar diversos conteúdos confiáveis que podem ser utilizados no ensino da literatura afro-brasileira.


Palavras-chave


Lei 10693/03; literatura afro-brasileira; sites.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL, Lei n 10.639, de 9 de janeiro de 2003. Disponível em:

. Acesso em 20 de ago. 2020.

GELEDÉS ,“Quem Somos .” Geledés, 2020, Disponível em:

. Acesso em 18 Nov. 2020.

GONÇALVES, Ariane. “O Que é Site, Que Tipos Existem e Como Ter o Seu Próprio”. Hostinger Tutoriais, Hostinger, 2019. Disponível em:

. Acesso em 17 Nov. 2020.

LITERAFRO. “Quem Somos - Literatura Afro-Brasileira.” Ufmg.Br, 2020, disponível em:

MUNANGA, Kabengele. Identidade, cidadania e democracia: algumas reflexões sobre os discursos anti-racistas no Brasil. Resgate: Revista Interdisciplinar de Cultura, v. 5, n. 1, p. 17-24, 1996.

MUNANGA, Kabengele. (Org.) Superando o Racismo na escola. 2ª edição revisada – [Brasília]: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, 2005. 204p.: il. Disponível em:

. Acesso 17 Nov. 2020.

SANT’ANA, Antônio Olímpio de. Historia e conceitos básicos sobre o racismo e seus derivados. In: MUNANGA, Kabengele. (Org.) Superando o Racismo na escola. 2ª edição revisada. – [Brasília]: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, 2005. 204p.: il.Pdf.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2317-0239 (Eletrônico)

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.