A EXPERIÊNCIA DE UM PODCAST PARA A VALORIZAÇÃO E AFIRMAÇÃO DE VOZES NEGRAS NA EDUCAÇÃO INTEGRAL DA REDE MUNICIPAL DE CAMPINAS

Natali Seleguim Carrenho, Renan Almeida Barjud, Elias Kopcak, Cintia Yuri Nishida, Cristiane França

Resumo


O presente artigo é uma narrativa de professores da rede municipal de Campinas durante a pandemia de COVID-19 e sua constante preocupação com a educação pública de qualidade, bem como a aproximação com os estudantes e a reflexão sobre os problemas de nossa sociedade. A abordagem da resistência negra por meio do podcast enquanto ferramenta pedagógica surgiu da dificuldade da comunidade escolar em uma acessibilidade universal das plataformas digitais para o ensino remoto, portanto o formato foi escolhido na intenção de fomentar maior engajamento através de novas formas de comunicação. Entendendo que a pandemia foi marcada por atos antirracistas, de resistência das classes mais pobres e que evidenciou a desigualdade social em nosso país, nos propomos a trazer uma reflexão sobre o movimento negro de modo incisivo. Dada a relevância do assunto, nosso intuito também foi atingir todas as faixas etárias da comunidade escolar. O processo colaborativo de criação promoveu um processo de ressignificação e afirmação nossa prática pedagógica, bem como nossa constante busca pela educação pública de qualidade. Esse processo de ação-reflexão-ação se deu muito em função das nossas narrativas situadas e pesquisas desenvolvidas para a produção e com base nas reflexões que os entrevistados nos proporcionaram.

Palavras-chave


podcast; alfabetização sonora; escola pública; vidas negras importam; resistência negra

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Decreto nº 10.282. Brasília, 2020. Disponível em: http://www4.planalto.gov.br/legislacao/imagens/servicos-essenciais-covid-19. Acesso em: 27 jun. 2020

EMICIDA. Amoras. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2018.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo, Paz e Terra, 1996. (Coleção Leitura).

HOCKS, B. Meu crespo é de rainha. São Paulo: Boitempo, 2018.

MÁXIMO, W. Economia do Brasil encolherá 5,2% por causa de pandemia, prevê Cepal. Agência Brasil, 2020. Disponível em: https://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2020-04/economia-do-brasil-encolhera-52-por-causa-de-pandemia-preve-cepal. Acesso em: 27 jun. 2020.

MOURA, I. V. Para morrer basta estar vivo, ou ser negro: análise do valor político da vida negra à luz da necropolítica e a reação do Movimento Black Lives Matter. 2019. 34 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2019.

PRENSKY, M. Aprendizagem baseada em jogos digitais. Tradução de Eric Yamagute; Revisão técnica de Romero Tori e Deni Di Lascio. São Paulo: Editora Senac, 2012.

PUC-RIO. NÚCLEO DE OPERAÇÕES E INTELIGÊNCIA EM SAÚDE (NOIS). Nota Técnica nº 11 de 27 de maio de 2020. Análise socioeconômica da taxa de letalidade da COVID-19 no Brasil. Disponível em: https://drive.google.com/file/d/1tSU7mV4OPnLRFMMY47JIXZgzkklvkydO/view. Acesso em 14 ago. 2020.

SCHAFER, R. Murray. O Ouvido Pensante. Tradução de Maria Trenc de O. Fonterrada, Magda R. Gomes da Silva, Maria Lúcia Pascoal. São Paulo: Fundação Editora da UNESP, 1991.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2317-0239 (Eletrônico)

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.