Fragmentos de uma fraude: o caso Binjamin Wilkomirski

Pollyanna Gomes dos Santos

Resumo


A partir da diferenciação entre plágio, fraude e estratégia ficcional, objetiva-se, neste ensaio, analisar a construção de textos literários que tenham uma possível conotação entre escrita e crime. Como afirma Anatol Rosenfeld, a fraude literária é tão antiga quanto a própria literatura. Um dos títulos escolhidos para esta pesquisa é Fragmentos: memórias de uma infância 1939-1948, de Binjamin Wilkomirski. No livro, o autor-narrador relata que foi prisioneiro de campos de concentração e sobrevivente da Segunda Guerra Mundial. Após o enorme sucesso que o livro alcançou e apreciações positivas por parte de críticos literários em todo o mundo, descobriu-se, enfim, que sua história não era verdadeira.

Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, Theodor. Crítica cultural e sociedade. In: _____. Prismas. Trad. Augustin Wernet e Jorge Mattos Brito de Almeida. São Paulo: Ática, 1998.

AGAMBEN, Giorgio. O que resta de Auschwitz: o arquivo e a testemunha. Trad. Selvino J. Assmann. São Paulo: Boitempo, 2008.

ARAÚJO, Luciana. O maior impostor do Holocausto. Entrelivros, nº 28, p. 40-42, ago. 2007.

ARENDT, Hannah. Eichmann em Jerusalém: um relato sobre a banalidade do mal. Trad. José Rubens Siqueira. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

BENJAMIN, Walter. O narrador: considerações sobre a obra de Nikolai Leskov. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 1994, p. 197-221.

BORGES, Jorge Luis. Kafka e seus precursores. In: _____. Obras completas de Jorge Luis Borges. São Paulo: Globo, 1999, vol. 2.

CALVINO, Italo. Seis propostas para o próximo milênio. Trad. Ivo Barroso. São Paulo: Companhia das Letras, 1990.

ECO, Umberto. Protocolos ficcionais. In: Seis passeios pelo bosque da ficção. Trad. Hildegard Feist. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.

ECO, Umberto. Seis passeios pelo bosque da ficção. Trad. Hildegard Feist. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.

ELLIOT, E.; KERBER, L.; LITZ, A.; MARTIN, T. Edgar Allan Poe. In: American literature: a Prentice Hall anthology. New Jersey, 1991.

FREUD, Sigmund. Reflexões para os tempos de guerra e morte. In: _____. História do movimento psicanalítico: artigos sobre metapsicologia e outros trabalhos. Trad. Jayme Salomão. Rio de Janeiro: Imago, 1996. (Edição standard brasileira das obras psicológicas de Sigmund Freud, 14).

FRIEIRO, Eduardo. Embustes literários. In: Torre de papel: motivos literários. Belo Horizonte: Imprensa, 1969.

FRIEIRO, Eduardo. Falando de plágios. In: Torre de papel: motivos literários. Belo Horizonte: Imprensa, 1969.

FRIEIRO, Eduardo. Uma fraude literária. In: Torre de papel: motivos literários. Belo Horizonte: Imprensa, 1969.

JEHA, Júlio (Org.). Monstros e monstruosidades na literatura. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2007.

JEHA, Júlio; NASCIMENTO, Lyslei. Crimes, pecados e monstruosidades. In: JEHA, Júlio; NASCIMENTO, Lyslei (Org.). Suplemento Literário. Belo Horizonte, 2009. Edição especial.

KUNDERA, Milan. Os testamentos traídos: ensaios. Rio de Janeiro: Nova Fronteira S/A, 1994.

LARANJEIRA, Delzi Alves. Judas: da tradição à traição como literatura. In: Suplemento literário. Belo

Horizonte, 2009. Especial Monstros.

LEVI, Primo. Os afogados e os sobreviventes. Trad. Luiz Sérgio Henriques. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1990.

LUDMER, Josefina. O corpo do delito: um manual. Trad. Maria Antonieta Pereira. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2002.

NASCIMENTO, Lyslei. Borges e outros rabinos. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2009.

NAZARIO, Luiz; NASCIMENTO, Lyslei. Os fazedores de golems. Belo Horizonte: Programa de Pós-Graduação: Estudos Literários, 2004.

NESTROVSKI, Arthur; SELIGMANN-SILVA, Márcio. Apresentação. In: NESTROVSKI, Arthur; SELIGMANN-SILVA, Márcio (Org). Catástrofe e representação. São Paulo: Escuta, 2000.

PURIM. Disponível em: < http://www.morasha.com.br/edicoes/ed39/festa.asp>. Acesso em 05 jun. 2010.

ROSENFELD, Anatol. Mistificações literárias: "Os protocolos dos sábios de Sião". São Paulo: Perspectiva, 1982.

ROSENFIELD, Denis L. Retratos do mal. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003.

SANTOS, Francisco José Bezerra. Da verdade (n)o texto. Rio de Janeiro: Escola Letra Freudiana, 2009. Não publicado.

SARLO, Beatriz. Tempo passado: cultura da memória e guinada subjetiva. Trad. Rosa Freire d'Aguiar. São Paulo: Companhia das Letras; Belo Horizonte: UFMG, 2007.

SCHNEIDER, Michel. Ladrões de palavras: ensaios sobre o plágio, a psicanálise e o pensamento. Campinas: Editora da UNICAMP, 1990.

SELIGMANN-SILVA, Márcio (Org.). História, memória, literatura: o Testemunho na Era das Catástrofes. Campinas: Editora da UNICAMP, 1999.

SELIGMANN-SILVA, Márcio. Reflexões sobre a memória, a história e o esquecimento. In: SELIGMANN-SILVA, Márcio (Org.). História, memória, literatura: o Testemunho na Era das Catástrofes. Campinas: Editora da UNICAMP, 1999.

SELIGMANN-SILVA, Márcio. A literatura do trauma. Cult, n. 23, junho de 1999.

SELIGMANN-SILVA, Márcio. Apresentação da questão. In: SELIGMANN-SILVA, Márcio (Org.). História, memória, literatura: o Testemunho na Era das Catástrofes. Campinas: Editora da UNICAMP, 2003b.

SELIGMANN-SILVA, Márcio. Introdução. In: SELIGMANN-SILVA, Márcio (Org.). História, memória, literatura: o Testemunho na Era das Catástrofes. Campinas: Editora da UNICAMP, 2003.

SELIGMANN-SILVA, Márcio. Narrar o trauma - A questão dos testemunhos de catástrofes históricas. Psicologia clínica, Rio de Janeiro, vol. 20, n. 1. Rio de Janeiro, 2008.

SELIGMANN-SILVA, Márcio. O local da diferença. São Paulo: Ed. 34, 2005.

SELIGMANN-SILVA, Márcio. O testemunho: entre a ficção e o "real". In: SELIGMANN-SILVA, Márcio (Org.). História, memória, literatura: o Testemunho na Era das Catástrofes. Campinas: Editora da UNICAMP, 2003d.

SELIGMANN-SILVA, Márcio. Os fragmentos de uma farsa. In: SELIGMANN-SILVA, Márcio (Org.). A literatura do trauma.Cult, n. 23, junho de 1999.

SPARKNOTES EDITORS. SparkNote on Poe's Short Stories. SparkNotes LLC. 2002. Disponível em: http://www.sparknotes.com/lit/poestories/. Acessado em 22 mar. 2010.

WILKOMIRSKI, Binjamin. Fragmentos: memórias de infância 1939-1948. Trad. Sérgio Tellaroli. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/1982-3053.4.7.63-74

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




© Copyright 2007 Arquivo Maaravi: Revista Digital de Estudos Judaicos da UFMG - ISSN: 1982-3053.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.