Retratos falados em Elisa Lispector: um álbum fragmentado

André de Souza Pinto

Resumo


Este artigo, ao selecionar Retratos antigos: esboços a serem ampliados, de Elisa Lispector, teve como objetivo analisar a existência de um discurso fragmentado e memorialístico, assim como a construção, por intermédio dos retratos familiares, de uma autobiografia de Elisa e de sua família. Assim, o principal objetivo desse artigo foi apresentar a história dos Lispector feita por fotografias esquecidas em um velho álbum.

Palavras-chave


Fotografia. Memória. Infância.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17851/1982-3053.9.17.15-31

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




© Copyright 2007 Arquivo Maaravi: Revista Digital de Estudos Judaicos da UFMG - ISSN: 1982-3053.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.