v. 12, n. 23 (2018)

Jorge Luis Borges e o arquivo da tradição judaica

Apresentação

Lyslei Nascimento (UFMG) e Ricardo Forster (UBA)

A Arquivo Maaravi: Revista Digital de Estudos Judaicos da UFMG, n. 23, publica, neste dossiê, importantes artigos que atualizam e revisitam o universo judaico na obra de Jorge Luis Borges. Nesse sentido, o artigo de Alcebíades Miguel aproxima o conto “O Aleph” da obra genial de Xul Solar; Ana Cecília Carvalho promove um inusitado encontro entre Freud e Borges por intermédio das reflexões de ambos sobre o sonho e a criação; Diego Hernán Rosain e Roberto Jesús Saya pensam o sacrifício de Isaque à luz do judaísmo muito singular do escritor argentino; Ivonne Saed reflete sobre arte e literatura no ofício do demiurgo a partir da obra de Borges; Leonor Scliar-Cabral detém-se sobre a presença judaica em alguns poemas borgianos; Mariângela Paraizo lê o Aleph de Borges, a carta de Poe e a música de Cage como componentes estruturais da narrativa; Osmar Oliva estuda as referências bíblicas nos poemas de Elogio da sombra; e Paulo Valadares constrói, como um comentário, uma genealogia judaica para Borges. Participaram deste número, articulistas do Brasil, de Portugal, de Israel, da Alemanha, da Argentina e do México. Na seção “Vária”, destacamos os artigos sobre Rabbi Akiva e a sexualidade, de Abraham Shemesh; sobre ironia e intertextualidade na Bíblia hebraica, de Lucas Martins e Luciano da Silva; sobre a memória sefardita de Portugal, de Paulo Mendes Pinto; sobre a liturgia e a educação como resistência cultural, de Sérgio Feldman; além de uma análise do filme O estranho caso de Angélica, de Manoel de Oliveira, por Ana Maria Delgado. Bernardo Ajzenberg, Juliano Klevanskis, Luana Chnaiderman e Paulo Rosenbaum colaboraram, neste número, com contos inusitados e borgianos; Carlos Morales e José Mário Pereira estão presentes com suas crônicas afiadas e oportunas; Carlos Nejar e Lyslei Nascimento apresentaram poemas inéditos, à luz de Borges, e Leonor Scliar-Cabral, um poema liricamente sensual; Gabriel Steinberg realizou uma importante tradução; Filipe Meneses e Lyslei Nascimento apresentam resenhas de dois excelentes romances contemporâneos: um policial brasileiro e um bíblico, português; Adam Grzybowski e Luis Goldman comparecem, com o humor necessário inteligente em duas tiras; Osmar Oliva dedica belas e instigantes séries fotográficas a Jorge Luis Borges.

Sumário

Arte

Vlad Eugen Poenaru
PDF
1

Artigo

Alcebiades Diniz Miguel
PDF
2-13
Ana Cecília Carvalho
PDF
14-31
Diego Hernán Rosain, Roberto Jesús Sayar
32-51
Ivonne Saed
PDF
52-70
Leonor Scliar-Cabral
PDF
71-87
Mariângela de Andrade Paraizo
PDF
88-104
Osmar Pereira Oliva
PDF
105-121
Paulo Valadares
PDF
122-128

Artigo-Varia

Ana Maria dos Santos Silva Delgado
PDF
129-144
Abraham Ofir Shemesh
145-159
Lucas Alamino Iglesias Martins, Luciano Geraldo Mateus da Silva
PDF
160-177
Paulo Mendes Pinto
PDF
178-198
Sergio Alberto Feldman
PDF
199-214

Conto

Bernardo Ajzenberg
PDF
215-217
Juliano Klevanskis
PDF
218-225
Luana Chnaiderman
PDF
226
Paulo Rosenbaum
PDF
227-236

Crônica

Carlos Morales
PDF
237-240
José Mario Pereira
PDF
241-245

Estante Maaravi

Estante Maaravi

Fotografia

Osmar Pereira Oliva
PDF
246
Osmar Pereira Oliva
PDF
247

Humor

Adam Grzybowski, Luis Goldman
PDF
248
Adam Grzybowski, Luis Goldman
PDF
249

Poema

Carlos Nejar
PDF
250-251
Leonor Scliar-Cabral
PDF
252
Lyslei Nascimento
PDF
253

Resenha

Filipe Amaral Rocha de Menezes
PDF
254-256
Lyslei Nascimento
PDF
257-260

Tradução

Yaacov Steinberg
PDF
261-276