Ecos da Eneida de Virgílio, e do herói antigo, em O fiel e a pedra de Osman Lins

Matheus Trevizam

Resumo


Neste artigo, propomos buscar alguns elementos de coincidência entre a trama do romance O fiel e a pedra, do escritor brasileiro Osman Lins, e a da Eneida de Virgílio, que o primeiro decerto considerou como um modelo. Além disso, explicamos na sequência em que medida o protagonista de O fiel e a pedra se aproxima ou afasta do paradigma do herói presente na épica de Virgílio. Dessa maneira, esperamos explicar por que esse romance moderno foi definido como uma espécie de alusão à Eneida, a despeito das diferenças genéricas, culturais, cronológicas e espaciais aqui envolvidas. 

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17851/1983-3636.11.1.111-135

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Matheus Trevizam



Nuntius Antiquus
ISSN 2179-7064 (impressa) / ISSN 1983-3636 (eletrônica)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.