A branca sintaxe na poética de Haroldo de Campos

Rodrigo Guimarães

Resumo


Este ensaio busca rastrear a poesia de Haroldo de Campos apartir do conceito de sintaxe branca, com o propósito de elucidaralguns procedimentos operados na materialidade da linguagem. Paratanto, foram analisados, especialmente, os livros Galáxias e Crisantempo.

Palavras-chave


Haroldo de Campos; Poesia Contemporânea; Desconstrução.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2358-9787.13.0.119-129

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2006 Rodrigo Guimarães

O Eixo e a Roda: Revista de Literatura Brasileira
ISSN 0102-4809 (impressa) / ISSN  2358-9787 (eletrônica)

License

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.