Discurso, cognição e formas de empoderamento: uma análise do jornal A Sirene

Paulo Henrique A. Mendes, William Augusto Menezes

Abstract


Resumo: O artigo pretende analisar práticas discursivas produzidas a partir do rompimento da barragem de rejeitos Fundão, da mineradora Samarco, em Mariana (MG). Mais especificamente, focaliza uma das iniciativas da sociedade civil organizada, que se traduz pelo jornal A Sirene, produzido pelos atingidos com a colaboração dos coletivos #UmMinutoDeSirene e NITRO, como ferramenta de comunicação e de mobilização dos atingidos. Para tanto, utilizam-se como fundamentação teórica categorias oriundas de diferentes modelos inseridos no campo dos estudos discursivos, quais sejam, a noção de ferramenta da tecnologia discursiva, da teoria dos pré-discursos (PAVEAU, 2013), e o conceito de padrão de acesso ao discurso, da análise crítica do discurso (DIJK, 2008). Objetiva-se articular essas duas noções, com vistas à descrição e à interpretação de enunciados do jornal A Sirene, tomados como uma amostragem representativa da especificidade dessa prática discursiva. Neste sentido, os procedimentos metodológicos utilizados caracterizamse como uma abordagem qualitativa de natureza heurística, com vistas à compreensão do processo de discursivização desse acontecimento que tem sido considerado a maior tragédia socioambiental do país. A hipótese defendida através da análise de amostras do jornal em questão é a de que ele constitui um modo de empoderamento das populações atingidas, sob a forma de uma ferramenta discursiva que propicia aos atingidos padrões de acesso ao discurso.

Palavras-chave: práticas de linguagem; tecnologia discursiva; formas de empoderamento, barragem de rejeitos, jornal A Sirene.

Abstract: The article aims to analyze discursive practices about the Samarco dam burst in Mariana (MG). More specifically, it focuses on one of the initiatives of civil society, which is reflected by the newspaper A Sirene, produced by the affected people with the cooperation of the collective #UmMinutoDeSirene and NITRO, as a communication tool to mobilize affected people. Therefore, concepts from different models of discursive studies are used as theoretical foundations, such as the notion of discursive tool technology from the pre-discursive theory (PAVEAU, 2013) and the concept of discourse access pattern from Critical Discourse Analysis (DIJK, 2008). Our objective is to integrate both notions aiming at the description and the interpretation of the newspaper A Sirene, taken as a representative sample of the specificity of such a discursive practice. In this sense, the methodological procedures used are characterized as a qualitative approach of heuristic nature, in order to understand and interpret the discursivization process of the event, which has been considered the biggest socio-environmental tragedy in the country. The hypothesis defended through the newspaper samples analysis is that it is a way for affected population empowerment, in terms of a discursive tool that allows patterns of discourse access to affected people.

Keywords: Language Practices; Discursive Technology; Forms of Empowerment; Dam Tailings; Newspaper The Siren.


Keywords


Language Practices; Discursive Technology; Forms of Empowerment; Dam Tailings; Newspaper The Siren.

References


ACHARD-BAYLE, G. La linguistique cognitive et ses applications (?). Les Cahiers de l'Acedle, Université Nancy II, v.6, n.2, p.41-68, 2009.

A SIRENE: para não esquecer, Mariana (MG), Fev. 2016.

A SIRENE: para não esquecer, Mariana (MG), Mar. 2016.

A SIRENE: para não esquecer, Mariana (MG), Abr. 2016.

A SIRENE: para não esquecer, Mariana (MG), Mai. 2016.

A SIRENE: para não esquecer, Mariana (MG), Jul. 2016.

A SIRENE: para não esquecer, Mariana (MG), Ago. 2016.

AUROUX, S. La raison, le langage et les normes. Paris: PUF, 1998.

DENNET, D. Real patterns. The Journal of Philosophy, Philosophy Documentation Center, v.88, n.1, p.27-51, jan.1991.

GIBSON, J. The senses considered as perceptual systems. Connecticut: Greenwood Press, 1966.

HUTCHINS, E. L. How a cockpit remembers its speed. Cognitive Science, John Hopkins University, n.19, p.265-288, 1995.

JONASSEN, D.H. What are cognitive tools? In: KOMMERS, P. A. M. et al. (Ed.). Cognitive tools for learning. Berlin: Springer-Verlag, 1992.

LARA, G. P.; LIMBERTI, R. P. (Org.). Discurso e (des)igualdade social. São Paulo: Contexto, 2015.

MENDES, P. H. A.; MENDES, S. P. Experienciação, cognição e representações da memória: uma análise discursiva do patrimônio imaterial da Região dos Inconfidentes. Revista de Estudos da Linguagem, Belo Horizonte, UFMG, v. 21, n. 1, p. 259-284, 2013.

MENEZES, W. A.; SANTOS, S. P. (Org.). Discurso, identidade, memória. Fortaleza: Expressão Gráfica, 2015.

PAVEAU, M-A. Réalité et discursivité. D’autres dimensions pour la théorie du discours. Semen, revues.org, n.34, p.96-115, 2012.

PAVEAU, M-A. Os pré-discursos: sentido, memória, cognição. Campinas, São Paulo: Pontes, 2013.

PAVEAU, M-A. Palavras anteriores. Os pré-discursos entre memória e cognição. Filologia e Linguística do Português, São Paulo, USP, n. 9, p.311-331, 2007.

PÊCHEUX, M. O discurso: estrutura ou acontecimento. Campinas, SP: Pontes, 2006.

PUTNAM, H. The Threefold Cord: Mind, Body, and World. New York: Columbia University Press, 1999.

SINHA, C. Culture, Language and the Emergence of Subjectivity. Culture & Psychology, Sage Journals, n. 6, p. 197-207, 2000.

SINHA, C. Language as a biocultural niche and social institution. In: EVANS, V. (Org.). New directions in cognitive linguistics. Philadelphia: John Benjamins, 2009. p.289-310.

VAN DIJK, T. Discurso e contexto: uma abordagem sociocognitiva. São Paulo: Contexto, 2002.

VAN DIJK, T. Discurso e poder. São Paulo: Contexto, 2008.

VAN DIJK, T. Society and Discourse: How social contexts influence text and talk. Cambridge: Cambridge University Press, 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2237-2083.24.3.1047-1073

Refbacks

  • There are currently no refbacks.
';



Copyright (c) 2016 REVISTA DE ESTUDOS DA LINGUAGEM

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

e - ISSN 2237-2083 

License

Licensed through  Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional    

Image result for fapemig

Grant #APL-00427-17 (2018-2019)