Atividades linguísticas, epilinguísticas e metalinguísticas: expansão dialógica / Linguistic, epilinguistic and metalinguistic activities: dialogic expansion

Adriana Delmira Mendes Polato, Renilson José Menegassi

Abstract


Resumo: O trabalho apresenta uma caracterização teórico-metodológica de orientação dialógica para as atividades linguísticas, epilinguísticas e metalinguísticas em prática de análise linguística dialógica. No plano metodológico de uma pesquisa-ação, retrospecta-se junto a oito professores em formação inicial, no estágio supervisionado em Letras, o já preconizado na Linguística Aplicada do Brasil sobre essas atividades de linguagem. Posteriormente, apresenta-se a proposta dialógica aos alunos e discutem-se seus princípios. Toma-se um texto do gênero fábula como centro organizador da interação discursiva entre os participantes e o professor formador. A discussão de conceitos dialógicos é avivada enquanto a prática de análise linguística dialógica que se efetiva é repensada em direcionamento a alunos do 6º ano do ensino fundamental, em produção dialógica de caráter reflexivo, a considerar o lócus de investigação: a formação docente inicial. Os resultados das práticas demonstram como as atividades linguísticas dialógicas se dão pela tomada do gênero em perspectiva dialógica, com indicações metodológicas para essa abordagem. Já as atividades epilinguísticas contemplam o plano axiológico e as relações dialógicas, para compreensão valorada do discurso mobilizado no gênero, enquanto as atividades metalinguísticas coadunam quadros nocionais consolidados às intepretações expansivas axiológicas suscitadas pela epilinguagem.

Palavras-chave: dialogismo; análise linguística; atividades linguísticas, epilinguísticas e metalinguísticas; caracterização.

Abstract: This work presents a theoretical-methodological characterization from a dialogic perspective for linguistic, epilinguistic and metalinguistic applied activities of dialogic linguistic analysis. In the action research methodological plan, eight beginner teachers attending the supervised internship in Languages are given theoretical bases about language activities that are already consolidated by Applied Linguistics in Brazil. Next, the dialogic proposal and its principles are presented and discussed with the beginners. A text belonging to the genre Fable is used as organizer for the dialogic interaction between the beginner teachers and the professor. The discussion on dialogic concepts occurs while the linguistic analysis activities are elaborated to students from the 6th year of the elementary school, in a reflexive dialogic production, considering the research context: beginner teacher orientation. Our approach shows that linguistic activities happen while presenting the genre under a dialogic perspective, with methodological indications for such approach. Regarding the epilinguistic activities, they contemplate the axiological plan, for the valued comprehension of the discourse mobilized in the genre, while metalinguistic activities connect consolidated notion frames with axiological expansive interpretations raised by epilanguage.

Keywords: dialogism; linguistic analysis; linguistic, epilinguistic and metalinguistic activities; characterization.


Keywords


dialogismo; análise linguística; atividades linguísticas, epilinguísticas e metalinguísticas; caracterização; dialogism; linguistic analysis; linguistic, epilinguistic and metalinguistic activities; characterization.

References


ACOSTA-PEREIRA, R. A.; RODRIGUES, R. H. Os gêneros do discurso sob perspectiva da Análise Dialógica de Discurso do Círculo de Bakhtin. Revista Letras, Santa Maria, v. 20, n. 40, p. 147-162, 2010.

ACOSTA-PEREIRA, R. A reenunciação e as visadas dialógico-valorativas no gênero jornalístico notícia: projeções e discursividade. Letra Magna, São Paulo, Ano 9, n. 16, 2013.

BAKHTIN, M. O problema do conteúdo, do material e da forma na criação literária. In: ______. Questões de literatura e de estética: a teoria do romance. Tradução de Aurora Fornoni Bernardini et al. São Paulo: Ed. da UNESP, 1988a. p. 13-70.

BAKHTIN, M. O discurso no romance. In: ______. Questões de literatura e de estética: a teoria do romance. Tradução de Aurora Fornoni Bernardini et al. São Paulo: Ed. da UNESP, 1988b. p. 71-210.

BAKHTIN, M. Formas de tempo e de cronotopo no romance (Ensaios de poética histórica). In: ______. Questões de literatura e de estética: a teoria do romance. Tradução de Aurora Fornoni Bernardini et al. São Paulo: Ed. da UNESP, 1988c. p. 211-362.

BAKHTIN, M. O autor e a personagem. In: ______. Estética da criação verbal. Tradução de Paulo Bezerra. São Paulo: Martins Fontes, 2003a. p. 13-70.

BAKHTIN, M. O problema do autor. In: ______. Estética da criação verbal. Tradução de Paulo Bezerra. São Paulo: Martins Fontes, 2003b. p. 173-194.

BAKHTIN, M. Os gêneros do discurso. In: ______. Estética da criação verbal. Tradução de Paulo Bezerra. São Paulo: Martins Fontes, 2003c. p. 261-306.

BAKHTIN, M. O problema do texto na linguística, na filologia e em outras ciências humanas. In: ______. Estética da criação verbal. Tradução de Paulo Bezerra. São Paulo: Martins Fontes, 2003d. p. 307-336.

BAKHTIN, M. Metodologias das ciências humanas. In: ______. Estética da criação verbal. Tradução de Paulo Bezerra. São Paulo: Martins Fontes, 2003e. p. 393-410.

BAKHTIN, B. Para uma filosofia do ato responsável. Tradução de Valdemir Miotello e Carlos Alberto Faraco. São Carlos: Pedro & João Editores, 2010.

BAKHTIN, M. Questões de estilística no ensino de língua. Tradução de Sheila Grillo e Ekaterina V. Américo. São Paulo: Editora 34, 2013.

BAKHTIN, M. Freudismo: um esboço crítico. Tradução de Paulo Bezerra. São Paulo: Perspectiva, 2014.

BAKHTIN, M./VOLOCHINOV, V. Estudo das ideologias e filosofia da linguagem. In: ______. Marxismo e filosofia da linguagem. Tradução de Michel Lahud e Yara F. Vieira. 12. ed. São Paulo: Hucitec, 2006a. p. 31-38.

BAKHTIN, M./VOLOCHINOV, V. A interação verbal. In: BAKHTIN, M. Marxismo e filosofia da linguagem. Tradução de Michel Lahud e Yara F. Vieira. 12. ed. São Paulo: Hucitec, 2006b. p. 110-127.

BAKHTIN, M./VOLOCHINOV, V. Tema e significação na língua. In: BAKHTIN, M. Marxismo e filosofia da linguagem. Tradução de Michel Lahud e Yara F. Vieira. 12. ed. São Paulo: Hucitec, 2006c. p. 128-138.

BAKHTIN, M./VOLOCHINOV, V. Teoria da enunciação e problemas sintáticos. In: BAKHTIN, M. Marxismo e filosofia da linguagem. Tradução de Michel Lahud e Yara F. Vieira. 12. ed. São Paulo: Hucitec, 2006d. p. 139-143.

BAKHTIN, M./VOLOCHINOV, V. Discurso de outrem. In: BAKHTIN, M. Marxismo e filosofia da linguagem. Tradução de Michel Lahud e Yara F. Vieira. 12. ed. São Paulo: Hucitec, 2006e. p. 144-154.

BOGDAN, R. C.; BIKLEN, S. K. Investigacão qualitativa em educação. Tradução de Maria J. Alvarez, Sara Bahia dos Santos e Telmo M. Baptista. Porto, Portugal: Porto Editora, 1994.

BRAIT, B. Análise e teoria do discurso. In: BRAIT, B. (org.). Bakhtin: outros conceitos-chave. São Paulo: Contexto, 2008. p. 9-32.

BRAIT, B. Perspectiva dialógica. In: BRAIT, B.; SOUZA-E-SILVA, M. C. (org.). Texto ou discurso?. São Paulo: Contexto, 2017. p. 9-30.

BRAIT, B.; PISTORI, M. H. C. A produtividade do conceito de gênero em Bakhtin e o Círculo. Alfa, Araraquara, v. 56, n. 2, p. 371-401, 2012. DOI: https://doi.org/10.1590/S1981-57942012000200002

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: 1º e 2º ciclos do Ensino Fundamental. Brasília: MEC, 1998.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Básica. Fundamentos pedagógicos e estrutura geral da BNCC. Brasília, DF, 2017.

COSTA-HUBES, T. C. Prática de análise linguística no ensino fundamental e sua relação com os gêneros discursivos. PERcursos Linguísticos, Vitória, v. 7, n. 14, p. 273-298, 2017.

FARACO, C. A. Linguagem & diálogo: as ideias do Círculo de Bakhtin. Curitiba: Criar Edições, 2003.

FIORIN, J. L. Introdução ao pensamento de Bakhtin. São Paulo: Ática, 2006.

FRANCHI, C. Criatividade e gramática. Trabalhos em Linguística Aplicada, Campinas, v. 9, p. 5-45, 1987.

FURLANETO, M. M. Cronotopia: um fenômeno de largo espectro. Revista de Estudos da Linguagem, Belo Horizonte, v. 27, n. 1, p. 453-482, 2019. DOI: https://doi.org/10.17851/2237-2083.27.1.453-482

GERALDI, J. W. (org.) O texto na sala de aula: leitura & produção. Cascavel: Assoeste, 1984.

GERALDI, J. W. Portos de passagem. São Paulo: Martins Fontes, 1991.

GERALDI, J. W. (org.). O texto na sala de aula. 4. ed. São Paulo: Ática, 2006.

GERALDI, J. W. Portos de passagem. 5. ed. São Paulo: Martins fontes, 2013.

GERALDI, J. W. Dialogia: do discursivo à estrutura sintática. In: RODRIGUES, R. H.; ACOSTA PEREIRA, R. (org.). Estudos dialógicos da Linguagem e pesquisas em Linguística Aplicada. São Carlos: Pedro & João Editores, 2016, p. 179-190.

LOBATO, M. Fábulas. 2. ed. São Paulo: Globo, 2010. p. 12.

MEDVIÉDEV, P. O método formal nos estudos literários. São Paulo: Contexto, 2012.

MOURA, M. I.; MIOTELLO, V. A escuta da palavra alheia. In: RODRIGUES, R. H.; ACOSTA-PEREIRA, R. (org.). Estudos dialógicos da linguagem e pesquisas em Linguística Aplicada. São Carlos: Pedro & João Editores, 2016. p. 129-140.

PERFEITO, A. M. Concepções de linguagem e análise linguística: diagnóstico para propostas de intervenção. In: I CONGRESSO LATINO-AMERICANO SOBRE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE LÍNGUAS-CLAFPL, I., 2007, Florianópolis. Anais [...]. Florianópolis: UFSC, 2007. p. 824-836.

PARANÁ. Secretaria de Estado da Educação. Diretrizes curriculares de língua portuguesa para a educação básica. Curitiba, 2008.

POLATO, A. D. M. Análise Linguística: do estado da arte ao estatuto dialógico. 2017. 231f. Tese (Doutorado em Letras) – Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2017.

POLATO, A. D. M.; MENEGASSI, R. J. O estilo verbal como o lugar dialógico e pluridiscursivo das relações sociais: um estatuto dialógico para a análise linguística. Bakhtiniana - Revista de Estudos do Discurso, São Paulo, v. 12, p. 123-143, 2017a. DOI: https://doi.org/10.1590/2176-457327809

POLATO, A. D. M.; MENEGASSI, R. J. Refratar e refletir: relações sociais e língua em práticas de análise linguística. In: FERNANDES, Eliane Marques da Fonseca (org.). Gêneros do discurso: refletir e refratar com Bakhtin. Campinas: Pontes Editora, 2017b. v. 1, p. 13-44.

POLATO, A. D. M.; MENEGASSI, R. J. O conto em prática de análise linguística dialógica no Ensino Médio. In: BARROS, E. M. D.; STRIQUER, M. S. D.; STORTO, L. J. (org.). Propostas didáticas para o ensino da língua portuguesa. Campinas: Pontes Editora, 2018. v. 1, p. 43-69.

POLATO, A. D. M.; MENEGASSI, R. J. A epistemologia dialógica da análise linguística. Fórum Linguístico, Florianópolis, v. 16, n. 2, p. 3742-3757, 2019. DOI: https://doi.org/10.5007/1984-8412.2019v16n2p3742

RODRIGUES, R. H. Os gêneros do discurso na perspectiva dialógica da linguagem: a abordagem de Bakhtin. In: MEURER, J. L.; BONINI, A.; MOTTA-ROTH, D. (org.). Gêneros: teorias, métodos e debates. São Paulo: Parábola, 2005. p. 152-183.

RODRIGUES, R. H.; ACOSTA-PEREIRA, R. Apresentação. In: ______. (org.). Estudos dialógicos da linguagem e pesquisas em Linguística Aplicada. São Carlos: Pedro & João Editores, 2016. p. 9-16.

SOBRAL, A. U.; GIACOMELLI, K. Elementos sobre as propostas de Voloshinov no âmbito da concepção dialógica de linguagem. In: RODRIGUES, R. H.; ACOSTA-PEREIRA, R. (org.). Estudos dialógicos da linguagem e pesquisas em Linguística Aplicada. São Carlos: Pedro & João Editores, 2016. p. 141-162.

SOBRAL, A. U.; GIACOMELLI, K. Gêneros na escola: uma proposta didática de trabalho. Linguagem & Ensino, Pelotas, v. 20, n. 2, p. 449-469, 2017.

SOUZA, L. N. A fábula e o efeito-fábula na obra de Monteiro Lobato. 2010. 269f. Tese (Doutorado em Letras), Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Assis, Assis, 2010.

THIOLLENT, M. Metodologia da pesquisa-ação. São Paulo: Cortez, 1994.

UNESPAR. Núcleo docente estruturante do Curso de Letras. Ata da reunião ordinária realizada no dia 24 de abril de 2019, Livro 1, p. 2.

VOLOCHINOV, V. N./BAKHTIN, M. Discurso na vida e discurso na arte: (sobre poética sociológica). Tradução de Carlos Alberto Faraco e Cristóvão Tezza [para fins didáticos]. 1926. [Versão da língua inglesa de I. R. Titunik a partir do original russo].

ZILBERMAM, R. A literatura infantil na escola. São Paulo: Global, 1982.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.
';



Copyright (c) 2020 Adriana Delmira Mendes Polato, Renilson José Menegassi

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

e - ISSN 2237-2083 

License

Licensed through  Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional