Ordenação de constituintes sintagmáticos no português dos séculos XIX e XX / The ordering of sintagmatic constituents in centuries XIX and XX in portuguese

Ana Carolina Teixeira Peres, Erotilde Goreti Pezatti

Abstract


Resumo: O artigo tem como objetivo analisar a ordenação dos Operadores e Modificadores de Subatos do Nível Interpessoal, tomando como suporte teórico a proposta de Pezatti (2014), que, por sua vez, se baseia nos princípios da Gramática Discursivo-Funcional, desenvolvida por Hengeveld e Mackenzie (2008). O objetivo principal consiste em investigar a ordenação de marcadores interpessoais (gramaticais e lexicais) dentro do sintagma. Para tanto, toma-se como universo de pesquisa o corpus do Projeto para a História do Português Brasileiro (https://sites.google.com/site/corporaphpb), mais especificamente cartas manuscritas particulares, cartas de leitor e de redator dos séculos XIX e XX. Os dados analisados revelam que, dentro do sintagma, quando se trata dos operadores, os de Mitigação, de Contraste (restritivo e expansivo), de Exemplificação e de Ênfase se colocam em PI; o de Ênfase é que coloca-se sempre em PF do sintagma; o de Contraste apenas ocupa geralmente a posição PI do sintagma, exceto em ocorrências do século XX. Já os marcadores lexicais de Exemplificação, de Ênfase, de Atitudes e de Contraste (restritivo e seletivo) vêm, na maioria dos casos, em PI do sintagma, com exceção do de Exemplificação por exemplo que se coloca em PI ou PF.

Palavras-chave: gramática funcional; ordem de palavras; sintagma.

Abstract: Taking as theoretical support the proposal of Pezatti (2014), which, in turn, is based on the principles of Functional Discourse Grammar, developed by Hengeveld and Mackenzie (2008), this paper aims at analyzing the ordering of interpersonal markers (grammatical and lexical) within the phrase. To this end, the corpus of the Project for the History of the Brazilian Portuguese (https://sites.google.com/site/corporaphpb) is taken as database, but more specifically private handwritten letters, reader’s letters and editor’s letters from the 19th and 20th centuries. The analyzed data reveal that, within the phrase, Operators of Mitigation, Contrast (restrictive and expansive), Exemplification and Emphasis are placed in PI; the Operator of Emphasis é que is always placed in PF and the one of Contrast apenas is usually inserted into the PI position, except in the 20th century. The lexical markers of Exemplification, Emphasis, Attitudes and Contrast (restrictive and selective) are placed into PI in most cases, with the exception the Modifiers of Exemplification for example, that is placed into PI or PF.

Keywords: functional grammar; constituent ordering; phrase.


Keywords


gramática funcional; ordem de palavras; sintagma; functional grammar; constituent ordering; phrase.

References


AZEREDO, J. C. de. Gramática Houaiss da Língua Portuguesa. São Paulo: Publifolha, 2008.

BECHARA, E. C. Moderna gramática portuguesa. 37. ed. Rio de Janeiro: Lucerna, 1999.

BRAGA, M. L. Construções clivadas no português do Brasil sob uma abordagem funcionalista. Matraga, Rio de Janeiro, v. 16, p. 173-196, 2009.

CUNHA, C.; CINTRA, L. Nova gramática do Português Contemporâneo. 5. ed. Rio de Janeiro: Lexikon, 2008.

DIK, S. The Theory of Functional Grammar. Part II. Complex and derived constructions. New York: Mouton de Gruyter, 1997. DOI: https://doi.org/10.1515/9783110218374

HENGEVELD, K. The Architecture for Functional Grammar. In: MACKENZIE, L.; GÓMEZ-GONZÁLEZ (org.). A New Architecture for Functional Grammar. Berlin: Mouton de Gruyter, 2004. p. 1-21.

HENGEVELD, K.; MACKENZIE, L. Functional Discourse Grammar: A Typologically-Based Theory of Language Structure. Oxford: Oxford University Press, 2008. DOI: https://doi.org/10.1093/acprof:oso/9780199278107.001.0001

PEZATTI, E. G. Clivagem e construções similares sob a perspectiva da Gramática Discursivo-Funcional. Estudos Linguísticos, São Paulo, v. 42, n. 1, p. 112-126, 2013.

PEZATTI, E. G. A ordem das palavras no português. São Paulo: Parábola Editorial, 2014.

PEZATTI, E. G. Motivações discursivas na ordenação de constituintes em português: a função pragmática Contraste. In: ANDRADE, C. A. B. DE; MICHELETTI, G.; SEARA, I. R. (org.). Memória, discurso e tecnologia. São Paulo: Terracota Editora, 2016. p. 121-142.

VALLDUVÍ, E.; ENGDAHL, E. The Linguistic Realization of Information Packaging. Linguistics, Antwerp, v. 34, p. 459-519, 1996. DOI: https://doi.org/10.1515/ling.1996.34.3.459


Refbacks

  • There are currently no refbacks.
';



Copyright (c) 2020 Ana Carolina Teixeira Peres, Erotilde Goreti Pezatti

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

e - ISSN 2237-2083 

License

Licensed through  Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional