A idade reflete o domínio linguístico? Efeito das medidas de desempenho na análise de dados em aquisição fonológica

Andressa Toni, Raquel Santana Santos

Abstract


Este artigo examina dois critérios de organização de dados para comparação intersujeitos em aquisição fonológica: Faixa Etária, um critério que é largamente utilizado na organização de dados para comparação intersujeitos, e o Desempenho na Tarefa, que compara o desempenho entre sujeitos a partir do percentual de respostas em acordo com a produção adulta.  Argumentamos que as medidas de desempenho devem ser baseadas na própria tarefa em análise, já que o desenvolvimento linguístico não é uniforme. Cotejando os resultados obtidos pela aplicação de ambos os critérios na análise de dois fenômenos, o vozeamento de fricativas alveolares em coda e a ramificação de ataque silábico, demonstra-se que o Desempenho na Tarefa promove maior consistência na organização de grupos, neutralizando as diferenças individuais observadas no desenvolvimento linguístico infantil e revelando padrões congruentes no uso de estratégias de reparo. Com estes resultados, sugere-se que a medida de desempenho é mais eficaz que medidas cronológicas à organização, análise e interpretação de dados em aquisição fonológica.


Keywords


methodology; language acquisition; age groups; performance in the task.

References


AGUILAR-MEDIAVILLA, E. M; SANZ-TORRENT, M.; SERRA-RAVENTOS, M. A comparative study of the phonology of pre-school children with specific language impairment (SLI), language delay (LD) and normal acquisition. Clinical Linguistics and Phonetics, Londres, v. 16, p. 573–596, 2002.

BAIA, M. F. A. O modelo prosódico inicial do português brasileiro: uma questão metodológica? 2010. 173 p. Dissertação (Mestrado em Letras) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, 2010.

BLOM, E.; UNSWORTH, S. Experimental Methods in Language Acquisition Research. Philadelphia: John Benjamins Publishing Co, 2010.

BLUME, M.; LUST, B. Research methods in language acquisition: principles, procedures, and practices. Boston: Walter de Gruyter for the American Psychological Association, 2017.

BOHN, G. P. Aquisição das vogais tônicas e pretônicas do Português Brasileiro. 2015. 219 p. Tese (Doutorado em Letras) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, 2015.

BYBEE, J., AND SLOBIN, D. Rules and schemes in the development and use of the English past tense. Language, v. 58, p. 265-289, 1982.

CARLUCCI, L.; CASE, W. On the Necessity of U-Shaped Learning. Topics in Cognitive Science, v. 5, n. 1, p. 56-88, 2013.

DA CUNHA, S. E. A psicometria da inteligência e a dimensão idade. Arquivos Brasileiros de Psicologia Aplicada, São Paulo, v. 26, n. 3, p. 100-110, 1974.

EISENBEISS, S. Production methods in language acquisition research. In: BLOM, E.; UNSWORTH, S. Experimental Methods in Language Acquisition Research. John Benjamins Publishing Co, Philadelphia, 2010, p. 11-35.

GROLLA, E. Metodologias experimentais em aquisição da linguagem. Revista Estudos da Lingua(gem), Vitória da Conquista, v. 7, p. 9-42, 2009.

HILÁRIO, R.; DEL RÉ, A. Questões metodológicas e ferramentas de pesquisa nos estudos em Aquisição da Linguagem. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 59, n. 1, p. 57-63, jan.-mar. 2015

INGRAM, D. Procedures for the Phonological Analysis of Children’s Language. Baltimore: University Park Press, 1981.

JARDIM-AZAMBUJA, R; LAMPRECHT, R. R. Emergência dos contrastes de sonoridade e de ponto de articulação na aquisição do Português Brasileiro. In: Anais do 6º Encontro CELSUL, Florianópolis, 2004.

LEVELT, C. C.; VAN DE VIJVER, R. Syllable types in cross-linguistic and developmental grammars. Constraints in phonological acquisition, v. 204, p. 218, 2004.

PETERS, A. Language learning strategies: Does the whole equal the sum of the parts? Language, 53, 560-573. 1977.

PINKER, S., AND PRINCE, A. On language and connectionism – analysis of a parallel distributed-processing model of language-acquisition. Cognition, v. 28, p. 73-193, 1988.

PIZZIO, A.; QUADROS, R.; SCHIMITT, D. Análise de metodologias para coletar e transcrever dados da aquisição de línguas de sinais. Anais do 6º Encontro Celsul - Círculo de Estudos Lingüísticos do Sul, Florianópolis, 2004.

QUEIROGA, B. A. M.; ALVES, J. M.; CORDEIRO, A. A. A.; MONTENEGRO, A. C. A.; ASFORADE, R. Aquisição dos encontros consonantais por crianças falantes do português não padrão da região metropolitana do Recife. Revista CEFAC, São Paulo, vol.13, n.2, p.214-226, 2011.

SHRIBERG, L. D.; AUSTIN, D.; LEWIS, B. A.; MCSWEENY, J. L.; WILSON, D. L. The percentage of consoants correct (PCC) metric: Extensions and reability data. Journal of Speech, Language and Hearing, v. 40, p. 708-722, 1997.

SIEGLER, R. S. U-shaped interest in U-shaped development and what it means. Journal of Cognition Development, v. 5, p. 1–10, 2004.

SILVA, C. C. Aquisição da regra de assimilação de vozeamento em Português Brasileiro. Dissertação (Mestrado em Letras) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, 2008.

SINGLETON, D; RYAN, L. Evidence of speech milestones. In: Language Acquisition: The Age Factor (2ed). Multilingual Matters, Toronto, 2004, 289p.

STRAUSS, S.; STAVY, R. U-shaped behavioral growth: Implications for theories of development. In: HARTUP (Ed.), Review of child development research (vol. 6). Chicago: University of Chicago Press, 1982. p. 547-599.

VIHMAN, M.; CROFT, W.. Phonological Development: Toward a "Radical" Templatic Phonology. Linguistics, v. 45, p. 683-725, 2007.

XXXXX. Representação subjacente dos ataques ramificados CCV na aquisição fonológica. 2016. 354 p. Dissertação (Mestrado em Letras) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, 2016.

YAVAS, M; HERNANDORENA, C. L. M.; LAMPRECHT, R. R. Avaliação fonológica da criança: reeducação e terapia. Porto Alegre: Artes Médicas, 1991.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2237-2083.0.0.%25p

Refbacks

  • There are currently no refbacks.
';



Copyright (c) 2021 Andressa Toni, Raquel Santana Santos

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

e - ISSN 2237-2083 

License

Licensed through  Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional