Os usos de processos materiais acadêmicos em artigos científicos

Monique Vieira Miranda

Abstract


Esta pesquisa teve como objetivo analisar os processos materiais acadêmicos mais frequentes em um corpus de artigos científicos, com base na Linguística Sistêmico-Funcional (LSF), principalmente Halliday e Matthiessen (2014). Para tanto, foi utilizado o Corpus Acadêmico do Português Brasileiro (CAPB), representativo do gênero em questão, com aproximadamente 12,3 milhões de palavras, a fim de observar possíveis diferenças e semelhanças no uso dos processos materiais em diferentes áreas do conhecimento. Para a análise, foram selecionadas amostras dos processos materiais mais frequentes do corpus. Segundo pesquisa realizada por Miranda (2021), dentre os dez verbos acadêmicos mais frequentes, seis realizaram orações materiais, sendo eles: apresentar, utilizar, realizar, encontrar, analisar e determinar. Nesta pesquisa, esses verbos foram estudados em suas realizações enquanto orações materiais, levando em consideração a área de conhecimento em que ocorreram, assim como seus usos e implicações dentro do texto. Observou-se que os processos materiais foram empregados similarmente ao longo das diferentes áreas do conhecimento com a finalidade de descrever e relatar experimentos, análises, recomendações e contribuições dos autores. Entretanto, por meio do estudo contrastivo entre as áreas de conhecimento, notou-se que a diferença entre elas estava na forma como optaram empregar os processos materiais e, desse modo, nas implicações textuais ocasionadas por tal escolha. Por fim, os resultados encontrados contribuem para uma compreensão mais aprofundada sobre a escrita acadêmica, avançando os estudos teóricos em língua portuguesa baseados na LSF.


References


CAFFAREL, A.; MARTIN, J. R.; MATTHIESSEN, C. (org.). Language Typology: A functional perspective. Amsterdan: John Benjamin Publishing, 2004.

CAFFAREL, A. A systemic functional grammar of french. Londres: Continuum, 2006.

EGGINS, Suzanne. An Introduction to Systemic Functional Linguistics. Nova York: Continuum publishing, 2004.

FIGUEREDO, G. Introdução ao perfil metafuncional do português brasileiro: contribuições para os estudos multilíngues. 2011. 385 p. (Tese de Doutoramento). Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos, Faculdade de Letras, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2011.

FRUTOSO, A. Os processos relacionais e a construção de sentido no gênero dissertação. Dissertação (Mestrado em Letras). Universidade Do Estado Do Rio Grande Do Norte, 2016.

FUZER, C.; CABRAL, S. R. S. Introdução à gramática sistêmico-funcional em língua

portuguesa. Campinas: Mercado de Letras, 2014.

HALLIDAY, M.; MATTHIESSEN, C. An Introduction to Functional Grammar. 4. ed. London: Edward Arnold, 2014.

LIMA, L. R. Os processos existenciais em reportagens de capa da revista Superinteressante. Domínios de Lingu@agem, v. 6, n. 1, p. 261–284, 2012.

MENDES, J. M. de O. Processos verbais em artigos científicos de Administração de Empresas e Engenharia: perspectivas sistêmico-funcionais. 2013. 112 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada a Estudos da Linguagem), PUC-SP, São Paulo, 2013.

XXXXX 2021

MORAIS, F. B. C. O uso do processo existencial haver na escrita acadêmica - um estudo com base em um corpus de artigos científicos de diversas áreas do conhecimento. Revista (Con) Textos Linguísticos, v. 9, n. 14, p. 142–160, 2015.

NATION, I. S. P. Learning vocabulary in another language. Cambridge: Cambridge

University Press, 2001.

PENHA, R. F. A TRANSITIVIDADE dos Processos Verbais Dizer e Afirmar em artigos científicos de graduandos em Letras. Revista Ao Pé da Letra. v. 14, n. 1, 2012.

PORTELA, K. C. A. Um estudo dos processos verbais no gênero artigo científico em revistas do secretariado executivo: uma perspectiva da linguística sistêmico-functional. Holos, ano 29, v. 4, 2013.

PORTELA, K. C. A.; BRAUER, K. C. N.; Análise de processos verbais em introduções de artigos científicos de três áreas: Economia, Engenharia Sanitária Ambiental E Linguística sob o viés da linguística sistêmico-funcional. Holos, v. 104, n.1, 2017.

THOMPSON, Geoff. Introducing Functional Grammar. Abingdon: Routledge, 2014.

VIVAN, E. G. S. Principais usos de processos verbais e metáforas interpessoais em artigos de Linguística Aplicada. Doutorado. (Tese de doutoramento). São Paulo: PUC-SP, 2010.

VATHANALAOHA, K.; TANGKIENGSIRISIN, S. Genre Analysis of Experiment-based Dental Research Article Abstracts: Thai and International Journals. 3L The Southeast Asian Journal of English Language Studies, v. 24, p. 1-14, 2018.

WEBB, S.; NATION, Paul. How Vocabulary Is Learned. Oxford: Oxford University Press,

ZHENG, S.; YANG, A.; GE, G. Functional Stylistic Analysis: Transitivity in English-Medium Medical Research Articles. International Journal of English Linguistics, v. 4, n. 2, p. 12–25, 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2237-2083.0.0.%25p

Refbacks

  • There are currently no refbacks.
';



Copyright (c) 2021 Monique Vieira Miranda

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

e - ISSN 2237-2083 

License

Licensed through  Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional