Uma proposta de análise para o objeto acusativo anafórico na variedade de espanhol de Madri e no português brasileiro de São Paulo / An Analysis Proposal for the Anaphoric Accusative Object in the Spanish Variety of Madrid and in the Brazilian Portuguese Variety of São Paulo

Adriana Martins Simões

Abstract


Resumo: Neste trabalho, nosso objetivo é apresentar os resultados de nossas pesquisas sobre o objeto acusativo anafórico na variedade de espanhol de Madri e na variedade do português brasileiro de São Paulo, assim como sugerir uma análise teórica para essas construções a partir dos desenvolvimentos minimalistas (CHOMSKY, 1999, 2000, 2004). Analisamos entrevistas da variedade de espanhol de Madri (CESTERO MANCERA et al. 2014) e do português brasileiro (LIMA-HERNANDES; VICENTE, 2012). Como referencial teórico, aliamos as perspectivas biológica (CHOMSKY, 1981, 1986) e social de língua (LABOV, 2008; WEINREICH; LABOV; HERZOG, 2009). Observamos a atuação da referencialidade do antecedente, do traço de indefinitude do determinante, da ausência de determinante, da estrutura verbal e do aspecto lexical na possibilidade de elipses na variedade de espanhol de Madri. Em relação à variedade do português brasileiro de São Paulo, observamos objetos nulos quase categóricos e que os pronomes lexicais apresentam restrições na expressão de antecedentes menos referenciais. Esses resultados se assemelham aos de nossa pesquisa anterior (SIMÕES, 2015) e às variedades de espanhol do País Basco (LANDA, 1993) e de Quito (SUÑER; YÉPEZ, 1988).

 

Palavras-chave: espanhol; português brasileiro; objeto acusativo anafórico, variação linguística; concordância de objeto.

 

Abstract: In this paper, our aim is to present the results of our researchs about the anaphoric accusative object in the Spanish variety of Madrid and in the Brazilian Portuguese variety of São Paulo and to propose a theoretical analysis to these constructions based on minimalist developments (CHOMSKY, 1999, 2000, 2004). Interviews of the Spanish variety of Madrid (CESTERO MANCERA et al. 2014) and Brazilian Portuguese variety of São Paulo (LIMA-HERNANDES; VICENTE, 2012) were analysed. Regarding the theoretical approach, the biological (CHOMSKY, 1981, 1986) and social (LABOV, 2008; WEINREICH; LABOV; HERZOG, 2009) perspectives on language were combined. We observed the effect of the antecedent referenciality, of the determinant indefinite features, of the bare nouns, of the structure and lexical aspect of verbs on possibility of elipsis in the Spanish variety of Madrid. Concerning the Brazilian Portuguese variety of São Paulo, the null objects were almost categorical and the lexical pronoun presented restrictions to less referencial antecedents. These results ressemble the tendencies of our previous research (SIMÕES, 2015) and the Spanish varieties of País Vasco (LANDA, 1993) and Quito (SUÑER; YÉPEZ, 1988).

Keywords: Spanish; Brazilian Portuguese; anaphoric accusative object; linguistic variation; object agreement.


Keywords


espanhol; português brasileiro; objeto acusativo anafórico, variação linguística; concordância de objeto; Spanish; Brazilian Portuguese; anaphoric accusative object; linguistic variation; object agreement.

References


BRUCART, J. M. La elipsis. In: BOSQUE, I.; DEMONTE, V. (Orgs.). Gramática Descriptiva de la Lengua Española. Madrid: Espasa, 1999. p. 2787-2866.

CAMPOS, H. Indefinite object drop. Linguistic Inquiry, v. 17, n. 3, p. 354-359, 1986.

CAMPOS, H. Transitividad e intransitividad. In: BOSQUE, I.; DEMONTE, V. (Orgs.). Gramática Descriptiva de la Lengua Española. Madrid: Espasa, 1999. p. 1519-1574.

CARDINALETTI, A.; STARKE, M. The typology of structural deficiency: On three grammatical classes. Working Paper in Linguistics, University of Venice, v. 4, n. 2., 1994. p. 41-109.

CASAGRANDE, S. Restrições de ocorrência do objeto direto anafórico no português brasileiro: gramática adulta e aquisição da linguagem. ReVEL, n. 6, p. 131-163, 2012.

CASAGRANDE, S. A correlação entre aspecto e objeto no PB: uma análise sintático-aquisicionista. 2010. Tese de doutorado - IEL/UNICAMP, Campinas, 2010. Disponível em: Acesso em: 01 fev. 2022.

CESTERO MANCERA, A. M.; MOLINA, I.; PAREDES, F. La lengua hablada en Madrid. Corpus PRESEEA - Madrid (Distrito de Salamanca). v I – Hablantes de instrucción superior. Alcalá de Henares: Universidad de Alcalá, 2012.

CHOMSKY, N. Lectures on Governing and Binding. Dordrecht: Foris, 1981.

CHOMSKY, N. Knowledge of Language: its nature, origin and use. New York: Praeger, 1986.

CHOMSKY, N. O Programa Minimalista. Lisboa: Caminho, 1999.

CHOMSKY, N. Minimalist inquires. In: MARTIN, R.; MICHAELS, D.; URIAGEREKA, J. (eds.). Step by step. Cambridge/MA: MIT Press., 2000. p. 89-155.

CHOMSKY, N. Beyond explanatory adequacy. In: BELLETTI, A. (ed.). Structures and beyond. Oxford: Oxford University, 2004. p. 104-131.

CYRINO, S. Observações sobre a mudança diacrônica no português do Brasil: objeto nulo e clíticos. In: ROBERTS, Ian; KATO, Mary (Orgs.). Português brasileiro: Uma viagem diacrônica. Campinas - SP: Editora da Unicamp, 1993, p. 163-184.

CYRINO, S. O objeto nulo no português do Brasil: um estudo sintático diacrônico. 1994. Tese de Doutorado - IEL/Unicamp, Campinas – SP, 1994.

CYRINO, S.; DUARTE, M. E.; KATO, M. Visible subjects and invisible clitics in Brazilian Portuguese. In: NEGRÃO, E.; KATO, M. (Orgs.). Brazilian Portuguese and the null subject parameter. Madrid, Frankfurt: Iberoamericana, Vervuert, 2000, p. 55-73.

DI TULLIO, Á. Manual de gramática del español. Buenos Aires: Edicial, 1997.

DUARTE, M. E. Variação e sintaxe: clítico acusativo, pronome lexical e categoria vazia no português do Brasil. 1986. Dissertação de Mestrado - PUC, São Paulo, 1986.

EZEIZABARRENA, M. J. Morfemas de concordancia con el sujeto y con los objetos en el castellano infantil. In: PÉREZ-LEROUX, A. T.; GLASS, W. (eds.). Contemporary perspectives on the acquisition of Spanish. Somerville/ MA. Casacadilla, 1997. p. 21-36.

FERNÁNDEZ SORIANO, O. El pronombre personal. Formas y distribuciones. Pronombres átonos y tónicos. In: BOSQUE, I.; DEMONTE, V. (Orgs.). Gramática Descriptiva de la Lengua Española. Madrid: Espasa, 1999. p. 1209-1273.

FUJINO, H.; SANO, T. Aspects of the null object phenomenon in child Spanish. In: PÉREZ-LEROUX, A. T.; LICERAS, J. (eds.). The acquisition of Spanish morphosyntax. The L1/L2 connection. Dordrecht/Boston/ London: Kluwer, 2002. p. 67-88.

GALVES, C. Ensaios sobre as gramáticas do português. Campinas: Ed. da Unicamp, 2001.

GROPPI, M. Pronomes pessoais no português do Brasil e no espanhol do Uruguai. 1997. Tese de Doutorado - FFLCH-USP, São Paulo, 1997.

GROPPI, M. Estructuras con clíticos: revisión de terminología y datos del español. Signo y Seña, 20, p. 95-113, 2009.

KATO, M. Pronomes fortes e fracos na sintaxe do Português Brasileiro. Revista Portuguesa de Filologia, Coimbra, Portugal, v. XX, p. 101-122, 2002.

KATO, M. Null objects ans VP ellipsis in European and Brazilian Portuguese. In: QUER, J. et al. (Eds.). Romance Languages and Linguistic Theory. Amsterdam: John Benjamins, 2003, p. 135-158.

KATO, M. A gramática do letrado: questões para a teoria gramatical. In: MARQUES, M. A., et alii (orgs). Ciências da Linguagem: trinta anos de investigação e ensino. Braga: CEHUM (Universidade do Minho), 2005, p. 131-145.

KATO, M.; TARALLO, F. (orgs.). Harmonia trans-sistêmica: variação intra- e interlinguística. Preedição 5. Campinas: R.G., 1989.

LABOV, W. Padrões Sociolingüísticos. São Paulo: Parábola, 2008.

LACA, B. Presencia y ausencia de determinante. In: BOSQUE, I.; DEMONTE, V. (Orgs.). Gramática Descriptiva de la Lengua Española. Madrid: Espasa, 1999. p. 891-928.

LANDA, A. Los objetos nulos determinados del español del País Vasco. Lingüística, n. 5, p. 131-146, 1993.

LANDA, A. Conditions on null objects in Basque Spanish and their relation to leísmo and clitic doubling. 1995. 252 f. Tese (Doutorado em Linguística) - University of Southern California, Los Angeles, 1995.

LEONETTI, M. El artículo. In: BOSQUE, I.; DEMONTE, V. (Orgs.). Gramática Descriptiva de la Lengua Española. Madrid: Espasa, 1999. p. 787-890.

LIGHTFOOT, D. How new languages emerge. New York: Cambridge, 2006.

LIMA-HERNANDES, M. C.; VICENTE, R. (Orgs.). A Língua Portuguesa falada em São Paulo: amostra da variedade culta do século XXI. São Paulo: Humanitas, 2012.

MAGALHÃES, T. M. V. O sistema pronominal sujeito e objeto na aquisição do Português Europeu e do Português Brasileiro. 2006. Tese de Doutorado em Linguística - IEL/Unicamp, São Paulo, 2006.

Disponível em:

Acesso em: 21 jul. 2021.

OTHERO, G.; SPINELLI, A. C. Um tratamento unificado da omissão e da expressão de sujeitos e objetos diretos pronominais de 3ª pessoa em português brasileiro. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v.61, p. 1-30, 2019.

SIMÕES, A. M. O objeto pronominal acusativo de 3ª pessoa nas variedades de espanhol de Madri e Montevidéu comparado ao português brasileiro: clíticos como manifestação visível e objetos nulos como manifestação não visível da concordância de objeto. 2015. Tese de Doutorado - DLM/FFLCH/USP, São Paulo, 2015.

Disponível em:

Acesso em: 01 fev. 2022

SUÑER, M.; YÉPEZ, M. Null definite objects in Quiteño. Linguistic Inquiry, v. 14, p. 561-565, 1988.

TARALLO, F. Diagnosticando uma gramática brasileira: o português d’aquém e d’além mar ao final do século XIX. In: ROBERTS, I.; KATO, M. A. (orgs.). Português brasileiro: Uma viagem diacrônica. Campinas - SP: Editora da Unicamp, 1993, p. 69-105.

THRÁINSSON, H. Object shift and scrambling. In: BALTON, M.; COLLINS, C. (eds.). The handbook of contemporary syntactic theory. Oxford: Blackwell, 2008. p. 148-202.

WEINREICH, U.; LABOV, W.; HERZOG, M. Fundamentos empíricos para uma teoria da mudança lingüística, São Paulo: Parábola, 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2237-2083.0.0.%25p

Refbacks

  • There are currently no refbacks.
';



Copyright (c) 2022 Adriana Martins Simões

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

e - ISSN 2237-2083 

License

Licensed through  Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional