Emoções projetadas em carta de Michel Temer/Emotions projected in Michel Temer’s letter

Karen Pereira Fernandes de Souza, Lúcia Helena Martins Gouvêa

Abstract


Resumo: O objetivo deste trabalho é examinar as diferentes emoções projetadas através da imagem criada de si mesmo por Michel Temer (ethos) e dos sentimentos suscitados no leitor (pathos), ou seja, duas categorias argumentativas empregadas para influenciar seus interlocutores (Deputados, Senadores e povo brasileiro). Nesse sentido, o trabalho está calcado no aporte teórico e metodológico da Teoria Semiolinguística do Discurso, e pretendemos estudar as estratégias e os recursos linguísticos que têm
potencialidade para persuadir, convencer, tocar emocionalmente o leitor através de palavras e expressões empregadas no texto, além da imagem criada de sua pessoa como um político competente para estar no cargo que ocupa. Como resultado, temos uma carta em que o autor utiliza com elevada frequência o ethos de vítima e de virtude e privilegia a estratégia índices de avaliação e palavras que podem provocar emoções como estratégias patêmicas com o intuito de sensibilizar os seus leitores.


Palavras-chaves: patemização, ethos, semiolinguística do discurso, argumentação.


Abstract: This study aims to verify the different projected emotions through the images created by Michel Temer (ethos) and through the feelings aroused in the reader (pathos), in the other words, two argumentative categories used to influence their interlocutors (Deputies, Senators and Brazilian people). In this way, the study based on the theoretical and methodological contribution of the Semiolinguistic Theory of Discourse and we intend to study the strategies and the linguistic resources that have the potential to persuade, to convince, emotionally touch the reader through words, and expressions used in the text, in addition the image created of his person as a competent politician to be in the position that he occupies. As a result, we have a letter in which the author uses the ethos of victim and virtue with high frequency and privileges the strategy of evaluation and words that can provoke emotions as pathemic strategies in order to sensibilize his readers.

Keywords: pathemization, ethos, discourse semiolinguistics, argumentation.


Keywords


patemização, ethos, semiolinguística do discurso, argumentação; pathemization, ethos, discourse semiolinguistics, argumentation.

References


AMOSSY, R. Ethos. In: CHARAUDEAU, P.; MAINGUENEAU, D. (orgs.). Dicionário de análise do discurso. 3a ed., São Paulo: Contexto, 2014. p. 220-221.

ARISTÓTELES. Retórica. 2a ed., Lisboa: Imprensa Nacional Casa da

Moeda, 2005. 310 p.

CAGNI, P. Temer usa Cunha ao se defender em carta de ‘conspiração’

para tirá-lo do cargo: Documento foi enviado aos deputados e senadores após divulgação do vídeo de Funaro. O Globo. Online. Brasília, 2017. Disponível em: .Acesso em : 18 out 2017.

CHARAUDEAU, P. Une problématisation discursive de l’émotion: à

propos des effets de pathémisation à la télévision. In: PLANTIN, C. et alii.(orgs.). Les émotions dans les interactions. Lyon: Presses universitaires de Lyon, 2000. p. 124-155.

CHARAUDEAU, P. El discurso mediático. Legitimidad, credibilidad y captación. In: HARVEY, A. (org.). En torno al discurso. Santiago:

Universidad Católica de Chile, 2004. p. 310-316.

CHARAUDEAU, P. Uma análise semiolinguística do texto e do discurso.

In: PAULIUKONIS, M. A. L.; GAVAZZI, S. (orgs). Da língua ao discurso: reflexões para o ensino. Rio de Janeiro: Lucerna, 2005. p. 11-27.

CHARAUDEAU, P. Pathos e o discurso político. In: MACHADO, I. L.;

MENEZES, W.; MENDES, E. (orgs.). As emoções do discurso. Vol. 1. Rio de Janeiro: Lucerna, 2007a. p. 240-309.

CHARAUDEAU, P. Uma análise semiolinguística do texto e do discurso.

Tradução: Angela Maria da Silva Corrêa. In: PAULIUKONIS, M. A. L.;

GAVAZZI, S. (orgs.). Da língua ao discurso: reflexões para o ensino. Rio de Janeiro: Ed. Lucerna, 2007b. p. 11-29.

CHARAUDEAU, P. Discurso Político. 2a ed. São Paulo: Contexto, 2013.

p.

CHARAUDEAU, P. Discurso das mídias. Tradução: Angela Maria da Silva Corrêa. 2.ed., 3a impressão. São Paulo: Contexto, 2015. 283p.

EMEDIATO, W. As emoções da notícia. In: MACHADO, I. L.; MENEZES,

W.; MENDES, E. (orgs.). As emoções no discurso. vol. I. Rio de Janeiro:Lucerna, 2007. p. 290-309.

GALLINARI, M. M. As emoções no processo argumentativo. In:

MACHADO, I. L.; MENEZES, W.; MENDES, E. (orgs). As emoções do

discurso. Vol. 1. Rio de Janeiro: Lucerna, 2007. p. 221-239.

GOUVÊA, L. H. M. Um estudo das emoções em crônicas jornalísticas.

Revista de Estudos da Linguagem, Belo Horizonte, v. 25, n. 2, p. 903-937,2017. DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2237-2083.25.2.903-937

KOCH, I. G. V. Argumentação e linguagem. 13. ed. São Paulo: Cortez,

MAINGUENEAU, D. Le contexte de l’oeuvre littéraire: Enonciation,

écrivain, société. Paris: Dunod, 1993. 188p.

PLANTIN, C. As razões das emoções. In: MENDES, E.; MACHADO,

I.L. (orgs.) As emoções no discurso. v.II. Campinas: Mercado das Letras, 2010. p. 57-80.

SOUZA, K. P. F. “Exposição de moveis | A qual se fechará brevemente”: Estudo de cláusulas relativas apositivas “desgarradas” em textos jornalísticos. 2016. 190f. Dissertação (Mestrado em Língua Portuguesa) -Faculdade de Letras/UFRJ, 2016.

SOUZA, K. P. F. A influência da interpessoalidade nas cláusulas relativas apositivas “desgarradas” segundo a gramática sistêmico-funcional. 2020a. 255f. Tese (Doutorado em Língua Portuguesa) - Faculdade de Letras/UFRJ, 2020a.

SOUZA, K. P. F. A atuação da metafunção textual nas cláusulas relativas apositivas “desgarradas”. Revista (Con)Textos Linguísticos. Vitória, v. 14, n. 28, p. 412-432, 2020b. DOI: https://doi.org/10.47456/cl.v14i28




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2237-2083.0.0.%25p

Refbacks

  • There are currently no refbacks.
';



Copyright (c) 2022 Karen Pereira Fernandes de Souza, Lúcia Helena Martins Gouvêa

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

e - ISSN 2237-2083 

License

Licensed through  Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional