External Vocalic Sandhi in Santomean Popular Portuguese

Amanda Macedo Balduino, Gabriel Antunes de Araujo

Abstract


This paper describes three processes of external vowel sandhi — degemination (DG), elision (EL), and diphthongization (DT) — in São Tomé Vernacular Portuguese (PST). All three processes are found in PST: 32% DG; 36% EL; 52.5% DT. Working with six Santomean informants, we analyzed a corpus of 113 sentences with vowel encounters in word boundaries (V#V). Then, we measured the duration of vowel encounters or the single resulting vowel when the encounter was undone. Factors such as the nature of the prosodic boundaries (phonological word, phonological phrase, and intonational phrase), prosodic stress (lexical and phonological word), and vowel quality are crucial to implementing sandhi processes. However, they occur in different prosodic settings: diphthongization occurs between intonation phrases (IP+IP) as long as their boundary is not limited by a pause. In contrast, elision and degemination occur in phonological word boundaries (ω + ω) and phonological phrase boundaries (ϕ + ϕ). The prominence of the phonological phrase was the preponderant factor in preventing all processes, blocking degemination whenever phonological phrase stress matches with a stressed second vowel. For elision and diphthongization, sandhi was blocked when two stressed vowels co-occurred with the stress of a phonological phrase.


Keywords


External vowel sandhi; Phonology; Portuguese; Degemination; Elision; Diphthongization.

References


ABAURRE, B. Acento frasal e processos fonológicos segmentais. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 31, n. 02, p. 41-50, 1996. Disponível em: < https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fale/article/view/15591>. Acesso em: 27 jul. 2022.

ABAURRE, B.; SANDALO, F.; GALVES, C. Otimizando o ritmo em português. IEL-Unicamp 1999. Inédito.

AGOSTINHO, Ana Lívia; BALDUINO, A. M. Trabalho de Campo em São Tomé e Príncipe. Inédito, 2016.

BALDUINO, A.M; AGOSTINHO, A. L. Geminação e degeminação em português: evidências da variedade principense. Inédito.

BALDUINO, A. M. Fonologia do português de São Tomé e Príncipe. 2022. 590 f. Tese (Doutorado em Filologia e Língua Portuguesa) - Faculdade de Letras, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2022.

BALDUINO, A. M. A nasalidade no português de São Tomé e Príncipe. 2018. 296 f. Dissertação (Mestrado em Filologia e Língua Portuguesa) - Faculdade de Letras, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2022.

BALDUINO, A. M.; BANDEIRA, M.; FREITAS, M. Os processos de elisão e degeminação no português de São Tomé e Príncipe. Filologia e Linguística Portuguesa, São Paulo, v. 19, p. 159-193, 2017.DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2176-9419.v19i1p163-197 .Disponível: . Acesso em: 27 jul. 2022.

BAXTER, A. N. O Português dos Tongas de São Tomé. In: OLIVEIRA, M. S. D. e ARAUJO, G. A. D. (Ed.). O Português na África Atlântica. São Paulo: Humanitas/FAPESP, 2018, p. 297-320.

BISOL, L. Sândi vocálico externo. In: KATO, M (org.). Gramática do Português Falado. Campinas: Editora da Unicamp, 1993. v. 2. p. 21-38.

BISOL, L. O sândi e a ressilabação. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 31, n. 2, p. 159-168, 1996a. Disponível em: . Acesso em: 27 jul. 2022.

BISOL, L. Sândi externo: o processo e a variação. In: ILARI, R (ed.). Gramática do Português Falado. Campinas: Editora da Unicamp, 1996b. v. 5, p. 55-96.

BISOL, L. A sílaba e seus constituintes. In: NEVES, M. H. (ed.). Gramática do Português Falado: UNICAMP, 1999. v. 7, p. 701-742.

BISOL, L. A elisão, uma regra variável. Letras de hoje, Porto Alegre, v. 35, n. 1, p. 319-330, 2000. Disponível em: . Acesso em: 27 jul. 2022.

BISOL, L. Os Constituintes Prosódicos. In: BISOL, L. (Ed.). Introdução a Estudos de Fonologia do Português Brasileiro. Porto Alegre: EDIPUC, 2005. p. 243-255.

BISOL, L. Sândi vocálico externo: degeminação e elisão. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 23, p. 83-101, 2012. DOI: https://doi.org/10.20396/cel.v23i0.8636847. Disponível em: . Acesso em: 27 jul. 2022.

BRAGA, G. A prosódia do português de São Tomé: a entoação do contorno neutro. 2018. 191 f. Dissertação (Mestrado em Filologia e Língua Portuguesa) - Faculdade de Letras, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2022.

BRANDÃO, S. F.; PESSANHA, D. B.; PONTES, S. D. P.; CORREA, M. O. Róticos na variedade urbana do Português de São Tomé. Papia, v. 27, p. 293-315, 2017.

BRESCANCINI, C. R.; BARBOSA, C. S. A elisão da vogal média /e/ no Sul do Brasil. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 40, n. 3, p. 39-56, 2005. Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fale/article/view/13692

CLEMENTS, N. The geometry of phonologial features. Phonology Yearbook, v. 2, p. 225-252, 1985.

COLLISCHONN, G. Sândi Vocálico no Português Brasileiro: como o acento determina sua realização. Letras e Letras, Uberlândia, v. 28, n. 1, p. 13-27, 2012. Disponível em: < https://seer.ufu.br/index.php/letraseletras/article/view/25848/0>. Acesso em: 27 jul. 2022.

FIGUEIREDO, C. Português de Almoxarife, São Tomé: sentenças relativas com relativizadores ku e com. Filologia e Linguística Portuguesa, v. 16, n. 2, p. 277-309, 2014. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2176-9419.v16i2p277-309. Disponível em: < https://www.revistas.usp.br/flp/article/view/74795>. Acesso em: 27 jul. 2022.

FROTA, S. Prosody and focus in European Portuguese: phonological phrasing and intonation. New York: Garland Publishing, 2000.

GOLDSMITH, J. Autosegmental phonology. 1976. 280 f. Thesis (Phd in Foreign Literatures and Linguistics) - Massachusetts Institute of Technology, Garland.

GONÇALVES, R. Propriedade de Subcategorização verbal no português de S. Tomé. 2010. 151 f. Dissertação (Mestrado em Linguística) - Faculdade de Letras, Universidade de Lisboa, Lisboa.

GONÇALVES, R. Construções ditransitivas no português de São Tomé. 2016. 286 f. Tese (Doutorado em Linguística) - Faculdade de Letras, Universidade de Lisboa, Lisboa.

HAGEMEIJER, T. O português em contacto em África. In: MARTINS, A.M; CARRILHO, E. Manual de Linguística Portuguesa. Berlim: Mouton de Gruyter, 2016. p. 43-67.

INE. Instituto Nacional de Estatística: São Tomé e Príncipe em Números. 2012.

MENESES, F. As Vogais Desvozeadas no Português Brasileiro: Investigação Acústico-Articulatória. 2012. Dissertação (Mestrado em Linguística) - Institudo de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas.

NESPOR, M.; VOGEL, I. Prosodic Phonology: with a new foreword. 1. ed. Berlin: Mouton de Gruyter, 2007.

NOGUEIRA, M. V. Aspectos Segmentais dos Processos de Sândi Vocálico Externo no Falar de São Paulo. 2007. 154 f. Tese (Doutorado em Linguística) - Faculdade de Letras, Universidade de São Paulo, São Paulo.

PAIXÃO, V. B.; SERRA, C. Fraseamento prosódico de estruturas parentéticas em dados de leitura no português do Rio de Janeiro. Working Papers em Linguística, Florianópolis, v. 19, n. 2, p. 113-135, 2018. DOI: https://doi.org/10.5007/1984-8420.2018v19n2p113. Disponível em: . Acesso em: 27 jul. 2022.

PAULINO, N. R. Fenômenos de Sândi Vocálico em Variedades do Português Europeu. 2016. 85 f. Dissertação (Mestrado em Linguística) - Faculdade de Letras, Universidade de Lisboa, Lisboa.

PAULINO, N. R.; FROTA, S. Variação prosódica no Português Europeu: análise comparada de fenómenos de sândi vocálico. Revista da Associação Portuguesa de Linguística, n. 1, p. 651-674, 2016. DOI:http://dx.doi.org/10.21747/2183-9077/rapla27. Disponível em:< http://aleph.letras.up.pt/index.php/APL/article/view/1793>. Acesso em: 27 jul. 2022.

SANTIAGO, A. M.; AGOSTINHO, A. L. Situação linguística do português em São Tomé e Príncipe. Revista Digital dos Programas de Pós-Graduação em Letras do Departamento de Letras e Artes da UEFS, Feira de Santana, v. 21, n. 1, p. 39-61, 2020. DOI: https://doi.org/10.13102/cl.v21i1.4970. Disponível em:< http://periodicos.uefs.br/index.php/acordasletras/article/view/4970>. Acesso em: 27 jul. 2022.

SANTIAGO, A. M.; BALDUINO, A. M.; AGOSTINHO, A. L.; SOARES, E. C. As Vogais no Português do Príncipe. In: HAGEMEIJER, T.;OLIVEIRA, M. D. S., et al (Ed.). O Português na África Atlântica. v. 2, a sair.

SANTOS, R. S. O acento e a aquisição da linguagem em português brasileiro. In: ARAUJO, G. A. D. (Ed.). O acento em português abordagens fonológicas. São Paulo: Párabola, 2007. p. 225-258.

SCHWINDT, L. C.; BISOL, L. Apresentação: Frequência lexical e fenômenos fonológicos variáveis. ReVEL, Porto Alegre, especial, n. 14, p. 1-3, 2017. Disponível em: < https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/172824/001054812.pdf?sequence=1>. Acesso em: 27 jul. 2022.

SILVEIRA, A. C.; ARAUJO, G. A. D. Vogais e ditongos no português vernacular de São Tomé. In: OLIVEIRA, M. S. D. e ARAUJO, G. A. D. (Ed.). O Português na África Atlântica, 2a edição. São Paulo: FFLCH, 2019. p. 261-296.

TENANI, L. Domínios prosódicos no português do Brasil: implicações para a prosódia e para a aplicação de processos fonológicos. 2002. 331 f. Tese (Doutorado em Linguística) - Institudo de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas.

TENANI, L. O bloqueio do sândi vocálico em PB e em PE: evidências da frase fonológica. Organon, Porto Alegre, v. 18, n. 36, p. 17-29, 2004. DOI: https://doi.org/10.22456/2238-8915.31151. Disponível em: < https://seer.ufrgs.br/organon/article/view/31151>. Acesso em: 27 jul. 2022.

TENANI, L. Acento e processos de sândi vocálico no português. In: ARAUJO, G. A. (Ed.). O acento em português abordagens fonológicas. São Paulo: Parábola, 2007. p. 169-194.

TONELI, P. Revisitando a Palavra Fonológica no Português Brasileiro. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 59, n. 3, p. 519-535, 2017. DOI: https://doi.org/10.20396/cel.v59i3.8650986. Disponível em: < https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8650986/17207>. Acesso em: 27 jul. 2022.

VELOSO, B. O Sândi Vocálico Externo e os Monomorfemas em Três Variedades do Português. 2003. 157 f. Tese (Doutorado em Linguística) - Institudo de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas.

VIEIRA, N. M. T.; BALDUINO, A. M. Apagamento de /R, S, l/ na coda no português de São Tomé: convergência linguística? Papia, São Paulo, v. 30, n. 1, p. 7-33, 2020. Disponível em: Acesso em: 27 jul. 2022.

VIGÁRIO, M. On the prosodic status of stressless function words in European Portuguese. In: HALL, T. e KLEINHENZ, U. (Ed.). Studies on the phonological word. Current Issues in Linguistic Theory. Amsterdam/ Philadelphia, 1999. p. 255-294.

VIGÁRIO, M. Prosodic structure between the prosodic word and the phonological phrase: Recursive nodes or an independent domain? The Linguistic Review, De Gruyter Mouton, v. 27, n. 4, p. 485–530, 2010. Disponível em: . Acesso em: 27 jul. 2022.

VIGÁRIO, M. The Prosodic Word in European Portuguese. Berlim/Nova York: De Gruyter Mouton, 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2237-2083.0.0.1-44

Refbacks

  • There are currently no refbacks.
';



Copyright (c) 2022 Amanda Macedo Balduino, Gabriel Antunes de Araujo

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

e - ISSN 2237-2083 

License

Licensed through  Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional