Dicionários escolares como instrumento para a formação cidadã do estudante / School dictionaries as an instrument for the citizen formation of the student

Laiza Rodrigues Oliveira

Abstract


Resumo: No presente trabalho há um estudo conciso em Ciências do Léxico, em que é definido o conceito de léxico segundo a lexicóloga Maria Tereza Biderman e como se dá a dicionarização do léxico de acordo com a linguista Maria da Graça Krieger. Posteriormente, aborda-se uma breve história da produção lexicográfica e, logo após, os pressupostos da Lexicografia Pedagógica com o suporte do Programa Nacional do Livro Didático - Dicionários (2012) e da Base Nacional Comum Curricular (2017). Tal movimento tem o intuito de mostrar que, para além das contribuições no que tange à expansão do conhecimento vocabular e linguístico, os dicionários escolares também colaboram para a formação cidadã dos estudantes. Logo, os professores devem fazer uso desse instrumento levando em consideração as múltiplas possibilidades de ensino e aprendizagem que a materialidade discursiva das obras lexicográficas escolares proporciona, e que auxilia na formação e representação do aluno enquanto cidadão.

Palavras-chaves: discurso; ensino; léxico; lexicografia.


Abstract: In the present work there is a concise study in Lexicon Sciences, in which the concept of lexicon is defined according to the lexicologist Maria Tereza Biderman and how the lexicon is dictionarized according to the linguist Maria da Graça Krieger. Subsequently, a brief history of lexicographical production is approached and, soon after, the assumptions of Pedagogical Lexicography with the support of the National Textbook Program - Dictionaries (2012) and the National Common Curricular Base (2017). This movement aims to show that, in addition to the contributions regarding the expansion of vocabulary and linguistic knowledge, school dictionaries also collaborate for the citizenship education of students. Therefore, teachers must make use of this instrument, taking into account the multiple possibilities of teaching and learning that the discursive materiality of school lexicographical works provides, and which helps in the formation and representation of the student as a citizen.

Keywords: discourse; lexicography; lexicon; teaching.


Keywords


discurso; ensino; léxico; lexicografía; discourse; lexicography; lexicon; teaching.

References


AULETE, C. Dicionário contemporâneo da Língua Portuguesa. GEIGER, P. (org.) Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2011.

AUROUX, S. A revolução tecnológica da gramatização. Campinas: Editora da Unicamp, 3ªed, 2014.

BIDERMAN, M. T. C. O dicionário padrão da Língua. ALFA: Revista de Linguística, São Paulo, v. 28, n. 1, p. 27-43, 1984. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/alfa/article/view/3677.

BIDERMAN, M. T. C. O Léxico: o léxico se relaciona com o processo de nomeação e com a cognição da realidade. In: OLIVEIRA, A. M. P. P.; ISQUERDO, A. N. (orgs.). As Ciências do Léxico: lexicologia, lexicografia, teminologia. 2. ed. Campo Grande: Ed. UFMS, 2001. p. 13-22.

BORBA, F. da S. Dicionário de usos do português do Brasil. São Paulo: Editora Atica, 2002.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal: Centro Gráfico, 1988.

BRASIL (BNCC). Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC/SEB, 2017.

BRASIL (PNLD). Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Com direito à palavra: dicionários em sala de aula. Brasília: MEC/SEB, 2012.

DAMIM, C. P. Parâmetros para uma avaliação escolar. 2005. 230 f. Dissertação (Mestrado em Letras) – Faculdade de Letras. Universidade do Estado do Rio Grande do Sul, 2005.

DIAS, L. F.; BEZERRA, M. A. Gramática e Dicionário. In: GUIMARÃES, E; ZOPPI-FONTANA (orgs.). Introdução às ciências da linguagem: a palavra e a frase. Campinas: Pontes Editores, 2010. p. 27-30.

DURAN, M. S.; XATARA, C. M. Lexicografia Pedagógica: atores e interfaces. Delta: Documentação de Estudos em Linguística Teórica e Aplicada, São Paulo, v. 23, n. 2, p. 203-222, 2007. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/delta/article/view/30294.

HOUAISS, I. A. (org.). Dicionário Houaiss Conciso. São Paulo: Moderna, 2011.

KRIEGER, M. da G. Dicionário de língua: um instrumento didático pouco explorado. In: TOLDO, C. S. (org.) Questões de Linguística. Passo Fundo: UPF Editora, 2003. p. 70-87.

KRIEGER, M. da G. Dicionários escolares e ensino de língua materna. Estudos linguísticos, São Paulo, v. 12, n. 4, p. 169-180, 2012. DOI: https://doi.org/10.14393/DL36-v12n4a2018-3

KRIEGER, M. da G. Lexicografia: a dicionarização do léxico. In: RODRIGUES-PEREIRA, R.; COSTA, D. S. S. (orgs.). Estudos em lexicografia: aspectos teóricos e práticos. Campinas: Pontes Editores, 2020. p. 16-27.

KRIEGER, M. da G. Políticas públicas e dicionários para escola: o Programa Nacional do Livro Didático e seu impacto sobre a lexicografia didática. Cadernos de tradução: Tradução e lexicografia pedagógica, Florianópolis, v.2, n. 18, p. 235-252, 2006.

NUNES, J. H. Dicionários no Brasil: análise e história do século XVI ao XIX. Campinas: Pontes Editores, 2006.

ORLANDI, E. P. Análise de discurso: princípios & procedimentos. Campinas: Pontes Editores, 3ª ed. 2001a.

ORLANDI, E. P. Discurso e texto: formulação e circulação dos sentidos. Campinas: Pontes, 2001b.

ORLANDI, E. P. Lexicografia Discursiva. ALFA: Revista de Linguística, São Paulo, v.44, p. 97-114, 2000. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/alfa/article/view/4201.

PONTES, A. L. Dicionário para uso escolar: o que é e como se lê. Fortaleza: EDUECE, 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2237-2083.0.0.%25p

Refbacks

  • There are currently no refbacks.
';



Copyright (c) 2022 Laiza Rodrigues Oliveira

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

e - ISSN 2237-2083 

License

Licensed through  Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional