Categorias funcionais e conhecimento enciclopédico ou sintaxe e significado no domínio verbal: noções aspectuais e expressão da causatividade em Ticuna

Marília Facó Soares

Abstract


Focalizando detidamente o domínio verbal e as categorias funcionaisaí postuladas, este artigo possui os seguintes objetivos: aprofundar oexame de aspectos da morfologia verbal do Ticuna – língua tonal,geneticamente isolada e falada na Amazônia; comprovar o quanto certosaspectos do significado são aí determinados pela sintaxe; e verificarquais propostas, entre aquelas formuladas para categorias funcionaisno domínio verbal, se encontram apoiadas pelos fatos da língua estudada.O exame efetuado se dá em relação a determinados sufixos aspectuaisabrigados no verbo Ticuna e em relação à expressão da causatividadenessa língua. Para alcançar seus objetivos, o artigo retraçatematicamente o percurso teórico da categoria funcional pequeno verboou v-zinho, considerando desdobramentos e consequências comrelação aos pontos que se tornaram parte de sua caracterização. Asconclusões alcançadas reafirmam que os aspectos do significadodeterminados pela sintaxe excluem o agente externo e indicam que,no que diz respeito ao causativo, o tipo de complemento selecionadopor esse é fundamental para a constituição de uma expressão idiomática.A análise realizada apoia o caráter verbalizador de v-zinho, a dissociaçãoentre as propriedades da transitividade e as propriedades semânticasdessa categoria (ARAD, 1999) – essencial para o tratamento desufixos aspectuais na língua estudada. No âmbito da causatividade,a fragmentação de v-zinho em diferentes tipos, necessita, porém, levarem consideração a possibilidade da separação formal entre Voz e Causa(PYLKKÄNEN, 2002).

Keywords


Sintaxe; v-zinho; Aspecto; Causa; Línguas indígenas; Ticuna (Tikuna)

References


ANDERSON, L. The structure and distribution of Ticuna independente clauses. Linguistics, Paris, Mouton & Co., v.20, 1966.

ARAD, M. On “little v”. MIT Working Papers in Linguistics. Cambridge, n.33, p. 1-25, 1999.

CHOMSKY, N. Minimalist inquiries: the framework. MIT Occasional Papers in Linguistics, MIT, 1998.

CHOMSKY N. The minimalist program. Cambridge, M.A.: MIT Press, 1995.

CINQUE, G. Adverbs and functional heads. A cross-linguistic perspective. New York, Oxford: Oxford University Press, 1999.

COMRIE, B. Aspect. Cambridge: Cambridge University Press, 1976.

CULICOVER, P. W.; JACKENDOFF, R. Simpler syntax. Oxford: Oxford University Press, 2005.

HALE, K.; KEYSER, S. J. On argument structure and the lexical expression of syntactic relations. In: HALE, K.; KEYSER, S. J. (Ed.). The view from Building 20: Essays in honor of Sylvain Bromberger. Cambridge: MIT Press, 1993.

HARLEY, H. On the causative construction [2006]. In: MIYAGAWA, S.; SAITO, M. The handbook of Japanese Linguistics. Oxford: Oxford University Press, 2008.

HARLEY, H. Possession and the double object construction. Linguistic Variation Yearbook 2: p. 31-70, 2002.

HARLEY, H. Subjects, events and licensing. PhD. Dissertation, MIT, 1995.

HORNSTEIN, N.; NUNES, J.; GROHMANN, K. K. Understanding minimalism. Cambridge: Cambridge University Press, 2005.

JACKENDOFF, R. On Larson’s treatment of the double object construction. Linguistic Inquiry, v. 21, n. 3, p. p. 427-456, 1990.

KRATZER, A. Severing the External Argument from its Verb. In: ROORYCK, J.; ZARING, L. (Ed.). Phrase Structure and the Lexicon. Dordrecht: Kluwer Academic Publishers, 1996.

KOOPMAN, H.; SPORTISCHE, D. The position of subjects. Lingua, v. 85, p. 211-58, 1991.

LARSON, R. On the double object construction. Linguistic Inquiry, v. 19, p. 335-391, 1988.

LARSON, R. Double objects revisited: reply to Jackendoff . Linguistic Inquiry, v. 21, p. 589-632, 1990.

MAIA, M. et al. A estrutura da oração em línguas indígenas brasileiras. DELTA, São Paulo, v. 15 n. 1, fev./jul. 1999.

MARANTZ, A. No escape from syntax: don’t try morphological analysis in the privacy of your own lexicon. In: DIMITRIADIS, A; SIEGEL, L; SUREK-CLARK, C.; WILLIAMS, A. (Ed.). Proceedings of the 21st Penn Linguistics Colloquium. Upenn Working Papers in Linguistics. Philadelphia, 1997. p. 201-225.

MARANTZ, A. On the nature of grammatical relations. Cambridge: MIT Press, 1984.

PYLKKÄNEN, L. Introducing arguments. PhD dissertation, MIT, 2002.

RADFORD, A. Syntax. A minimalist introduction. Cambridge: Cambridge University Press, 1997.

SOARES, M. F. Dados da língua Ticuna. Curso na aldeia Filadélfia, julho/agosto de 2009. Ms. Museu Nacional/UFRJ, 2009.

SOARES, M. F. Língua/Linguagem e tradução cultural: algumas considerações a partir do universo Ticuna. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas, Belém, v. 3 n. 1, 2008.

SOARES, M. F. Aspects de la modalité épistémique en ticuna. In: GUENTCHÉVA, Zlatka; LANDABURU, Jon (Ed.). L’énonciation médiatisée II. Le traitement épistémologique de l’information: illustrations amérindiennes et caucasiennes. Louvain – Paris: Éditions Peeters, 2007. p. 219-240.

SOARES, M. F. Da representação do Tempo em Tikuna. In: RODRIGUES, A. D.; CABRAL, A.S. (Org.). Novos Estudos sobre Línguas Indígenas. Brasília, Universidade de Brasília, 2005. p. 153-167.

SOARES, M. F. Variação e análise paramétrica: algumas possibilidades de estudos em línguas indígenas brasileiras. Gragoatá, Niterói, n.9, p. 45-65, 2001.

SOARES, M. F. O supra-segmental em Tikuna e a teoria fonológica. Campinas: Editora da UNICAMP, 2000. v. I. Investigação de aspectos da sintaxe Tikuna.

SOARES, M. F. Ordem de palavra: primeiro passos para uma relação entre som, forma e estrutura em tikuna. Amerindia, Paris, n.17, 1992a.

SOARES, M. F. O supra-segmental em Tikuna e a teoria fonológica. 1992. Tese (Doutorado) - Campinas, IEL/UNICAMP, 1992b. v. I. Investigação de aspectos da sintaxe Tikuna. v. II: Ritmo.

SOARES, M. F. Dados da língua Ticuna. Aldeia Canimaru. Ms. Museu Nacional/UFRJ, Setor de Linguística, 1987.

SOARES, M. F. Tchorü du’ü)ü)güca’ tchanu (Minha luta pelo meu povo). Relato da vida de Pedro Inácio Pinheiro (Ngematücü). Ms. Museu Nacional/UFRJ, Setor de Linguística, 1984.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2237-2083.18.1.187-234

Refbacks

  • There are currently no refbacks.
';



Copyright (c)



e - ISSN 2237-2083 

License

Licensed through  Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional    

Image result for fapemig

Grant #APL-00427-17 (2018-2019)