Sobre a classificação gradual das preposições

Lou-Ann Kepla

Resumo


O presente artigo está ancorado na Neurolinguística de orientação enunciativo-discursiva. A demanda por uma proposta de classificação gradual (em oposição à tradicional classificação categorial) das preposições surgiu quando nos propusemos a tarefa de descrever o funcionamento das preposições na fala de sujeitos que apresentam uma linguagem heterogênea. Nestes casos, as classificações correntes das preposições não se mostraram satisfatórias. Os motivos pelos quais preferimos uma classificação que dispõe as preposições numa escala de acordo com os seus graus de gramaticalização serão dispostos depois de feita uma revisão da literatura sobre as classificações das preposições. As classificações propostas por diferentes gramáticos são analisadas juntamente com aquelas adotadas por linguistas preocupados em descrever a linguagem agramática de sujeitos com afasia de produção.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivações-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.