Dois pastel e um chopes: a concordância nominal e identidade(s) paulistana(s)

Livia Oushiro

Abstract


Resumo: Este artigo analisa a realização variável da concordância nominal em uma amostra contemporânea e representativa do português paulistano, composta de 118 entrevistas sociolinguísticas, a partir dos pressupostos teórico-metodológicos da Sociolinguística Variacionista (LABOV, 1972). Além de contribuir para seu mapeamento em uma comunidade ainda pouco investigada de um ponto de vista sociolinguístico, este estudo tem como objetivo discutir as identidades sociais associadas à variante marca zero na comunidade paulistana, a fim de melhor compreender os mecanismos que regulam a manutenção de usos linguísticos considerados “não padrão”. A partir da análise qualitativa e quantitativa dos dados, sugere-se que a marca zero funciona como índice de masculinidade na fala de homens paulistanos e de identidade local com certos bairros e com a cidade.

Palavras-chave: Concordância nominal de número, português paulistano, identidades sociais.

Abstract: Based on Variationist Sociolinguistics theory and methods (LABOV, 1972), this paper analyzes variable nominal agreement in a contemporary and representative sample of “Paulistano” Portuguese, consisting of 118 sociolinguistic interviews. In addition to contributing to the variable’s description in an understudied community, this paper aims at discussing the social identities associated to the zero morpheme variant, in order to shed light on the mechanisms regulating the continued use of the so-called “nonstardard variants”. The qualitative and quantitative analyses suggest that the zero morpheme variant indexes masculinity in male Paulistanos’ speech, as well as local identities.

Keywords: Nominal number agreement, Paulistano Portuguese, Social Identities.


Keywords


Nominal number agreement, Paulistano Portuguese, Social Identities.

References


ANTONINO, V. A concordância nominal em predicativos do sujeito e em estruturas passivas no português popular do interior do estado da Bahia. 2007. 119f. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Federal da Bahia Salvador, 2007.

BAAYEN, R. H. Analysing Linguistic Data: a Practical Introduction to Statistics. Cambridge: Cambridge University Press, 2008.

BRANDÃO, S. F.; VIEIRA, S. R. Concordância nominal e verbal: contribuições para o debate sobre o estatuto da variação em três variedades urbanas do português. Alfa, São Paulo, v. 56, n. 3, p. 1035-1064, 2012.

DIAS, J. F. V.; FERNANDES, M. A inter-relação da concordância nominal e da concordância nos predicativos/particípios passivos, sob enfoque da teoria da variação e mudança linguística. Organon, v. 14, p. 115-131, 2000.

GOMES DA SILVA, F. Alagoanos em São Paulo e a concordância nominal de número. 2014. 103f. Dissertação (Mestrado em Letras). São Paulo, Universidade de São Paulo, 2014.

GUY, G. R. Linguistic variation in Brazilian Portuguese: aspects of the phonology, syntax and language history. 1981. 406f. Thesis (PhD) – University of Pennsylvania, Philadelphia, 1981.

GUY, G. R. A identidade linguística da comunidade de fala: paralelismo interdialetal nos padrões de variação linguística. Organon, v. 14, p. 17-32, 2000.

GUY, G. R.; ZILLES, A. Sociolinguística quantitativa: instrumental de análise. São Paulo: Parábola, 2007.

JOHNSON, D. E. Getting off the GoldVarb standard: introducing Rbrul for mixed-effects variable rule analysis, Language and Linguistic Compass, v. 3, n. 1, p. 359-383, 2009.

LABOV, W. Sociolinguistic patterns. Philadelphia: University of Pennsylvania Press, 1972.

LOPES, N. S. Concordância nominal, contexto linguístico e sociedade. 2001. 408f. Tese (Doutorado), Salvador, UFBA, 2001.

MENDES, R. B. Nonstandard Noun Phrase Agreement as an Index of Masculinity. In: LEVON, E.; MENDES, R. B. Language, sexuality and stance: studies in distributional sociolinguistics. Oxford: Oxford University Press, no prelo.

MENDES, R. B.; OUSHIRO, L. Documentação do Projeto SP2010 – Construção de uma amostra da fala paulistana. 2013. Disponível em: http://projetosp2010.fflch.usp.br/producao-bibliografica. Acesso em: 21 mar. 2013.

MILROY, L. Language and Social Networks. 2nd ed. Oxford: Basil Blackwell, 1987 [1980].

OUSHIRO, L. Identidade na pluralidade: avaliação, produção e percepção linguística na cidade de São Paulo. 2015. 394f. Tese (Doutorado em Letras) – USP, FFLCH, São Paulo, 2015.

NARO, A. J.; SCHERRE, M. M. P. Variação e mudança linguística: fluxos e contrafluxos na comunidade de fala. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 20, p. 9-16, 1991.

R CORE TEAM. R: A language and environment for statistical computing. R Foundation for Statistical Computing, Vienna, Austria, 2013. Disponível em: http://www.R-project.org/. Acesso em: 21 mar. 2014.

SALOMÃO, M. H. A variação de pluralidade nas estruturas predicativas da variedade falada da Região de São José do Rio Preto. 2010. 162f. Dissertação (Mestrado em Letras) – UNESP, IBILCE, São José do Rio Preto, 2010.

SCHERRE, M. M. P. A regra de concordância de número no sintagma nominal no português. 1978. 158f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1978.

SCHERRE, M. M. P. Reanálise da concordância nominal em português. 1988. 555f. Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1988.

SCHERRE, M. M. P. Paralelismo linguístico. Revista Estudos Linguísticos, v. 7, n. 2, p. 29-59, 1998.

SCHERRE, M. M. P. Phrase-level parallelism effect on noun phrase number agreement. Language Variation and Change, v. 13, p. 91-107, 2001.

SCHERRE, M. M. P.; NARO, A. J. The serial effect on internal and external variables. Language Variation and Change, v. 4, p. 1-13, 1992.

SCHERRE, M. M. P.; NARO, A. J. Mudança sem mudança: a concordância de número no português brasileiro. SCRIPTA, v. 9, n. 18, p. 107-129, 2006.

YACOVENCO, L. et al. Projeto PortVix: a fala de Vitória/ES em cena. Alfa, São Paulo, v. 56, n. 3, p. 771-806, 2012.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2237-2083.23.2.389-424

Refbacks

  • There are currently no refbacks.
';



Copyright (c) 2015 REVISTA DE ESTUDOS DA LINGUAGEM



e - ISSN 2237-2083 

License

Licensed through  Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional    

Image result for fapemig

Grant #APL-00427-17 (2018-2019)