A identidade religiosa na antroponímia de Marechal Cândido Rondon

Márcia Sipavicius Seide

Abstract


Resumo: Este artigo investiga a escolha de nomes por motivação religiosa em Marechal Cândido Rondon, município situado no oeste do estado do Paraná, com base em três corpora, um de 2012, coletado de relatos de alunos do 2o.ano de Letras; outro de 2013, de questionários aplicados a alunos do 4º. ano de Letras; e uma amostra de certidões de nascimento – 500 nomes, no total, cobrindo o período de 1961 a 2001. A pesquisa tem como pressupostos que os nomes próprios são caracterizados por apresentar lema e função de nome próprio (LANGENDONCK, 2007) e serem resultado de uma escolha consciente por parte do designador da qual resulta um fato onomástico cuja análise requer estudos interdisciplinares. Os resultados mostram uma diminuição da escolha de nomes por motivo religioso, a qual não está relacionada a uma diminuição na religiosidade, mas, sim, a mudanças no conceito de identidade religiosa.

Palavras-chave: Onomástica; antroponímia; identidade religiosa.

Abstract: This paper investigates proper name’s choice for religious motives in Marechal Cândido Rondon, a city located on the West side of the state of Paraná in the South of Brazil. This research is based on three corpora: one collected in 2012 from reports of 2nd.-year students of Letters; another collected in 2013 from questionnaires given to 4th-year students of Letters; and a sample of 500 birth certificates from 1960 to 2000. The article assumes the point of view that anthroponymy is characterized by presenting lemma and function for the first name’s choice (LANGENDONCK, 2007); therefore naming is a result of a conscious choice by the designator, which generates an onomastic fact that requires interdisciplinary studies to be analyzed. The results show a reduction on choices of names for religious motives, and also that this is not related to a decrease in religiosity, but rather to changes in religious identity conception.

Keywords: Onomastics; Anthroponymy; Religious Identity.


Keywords


Onomastics; Anthroponymy; Religious Identity.

References


ALVARENGA, Augusta Theresa de et. al. Histórico, fundamentos filosóficos e teórico-metodológicos da interdisciplinaridade. In: PHILIPPI JR., Arlindo; SILVA NETO, Antonio J. (Ed.). Interdisciplinaridade em ciência, tecnologia e inovação. Barueri, SP: Manole, 2011. p. 3-68.

ALDRIN, Emilia. The choice of firsts names as a social resource and act of identity among multilingual families in contemporary Sweden. In: INTERNATIONAL CONGRESS OF ONOMASTIC SCIENCES, 23rd., 2007. Toronto. Proceedings… Toronto, Canada: York University, 2007. p. 86-92.

ANTONIAZI, Alberto. Por que o panorama religioso no Brasil mudou tanto? Horizonte, Belo Horizonte-MG, v. 3, n. 5, p. 13-39, 2º. sem. 2004.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. Fronteira da fé – Alguns sistemas de sentido, crenças e religiões no Brasil de hoje. Estudos Avançados, São Paulo, v. 18, n. 52, 2004.

DE STEFANI, Elwys. 2014. Notes on the history of ICOS. Disponível em: http://www.icosweb.net/index.php/brief-history.html. Acesso em: 7 out. 2014.

DICK, M. de P. Toponímia e antroponímia no Brasil. Coletânea de estudos. 3. ed. São Paulo: Serviço de Artes Gráficas da FFCLH/USP, 1992.

GUÉRIOS, Mansur. Dicionário Etimológico de nomes e sobrenomes. São Paulo: Editora Ave Maria, 1981.

HALL, S. A. Identidade cultural na pós-modernidade. Trad. Tomaz T. da Silva, Guacira L. Louro. 11. ed. Rio de Janeiro: DP&A Editora, 2006.

HOLMES, U. T. A study in Negro Onomastics. American Speech, Duke University Press, v. 5, n. 6, p. 463-467, Aug. 1930. Disponível em: http://www.jstor.org/stable/452375. Acesso em: 22 ago. 2013.

INSTITUTO Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Censo Demográfico de 1960. Paraná. Disponível em: http://biblioteca.ibge.gov.br. Acesso em: 20 mar. 2014.

INSTITUTO Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Censo 2010. Mapa interativo. Variável religião por município. (Rio de Janeiro, RJ). Disponível em: http://biblioteca.ibge.gov.br/apps/mapa. Acesso em: 20 mar. 2014.

LANGENDONCK, Willy Van. Theory and Typology of Proper Names. Berlim: Mouton de Gruyter, 2007.

MICHAELSSON, Karl. Etudes sur les Noms de Personne français d´aprés les Rôles de Taille Parisiens. Sweden: Uppsala Universitet, 1927.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2237-2083.24.1.167-186

Refbacks

  • There are currently no refbacks.
';



Copyright (c) 2016 Márcia Sipavicius Seide



e - ISSN 2237-2083 

License

Licensed through  Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional    

Image result for fapemig

Grant #APL-00427-17 (2018-2019)