Os advérbios já, mais e ainda nas orações negativas

Maria Angélica Furtado Cunha, Nubiacira Fernandes Oliveira

Abstract


This paper follows a functional approach which takes into account the real use of language as an instrument of communication. We are malnly lnterested ln lnvestigating the ways through whlch syntax, semantics and pragmatics interact. ln order to do this, we study the behaviour of the adverbs já, mais and ainda ln negative sentences. First, we review the use of some elements which reinforce the very idea of negation. Secondly, we deal, specifically, with the adverbs, já, mais and ainda as a reinforcement to the negative. Thirdly, we aim at verifying their behaviour from an argumentative perspective. Finally, we present our conclusions.

References


BARRETO, Mário. Factos da língua portuguesa. 2. ed. Rio de Janeiro: Organizações Simões, 1954.

BONFIM, Eneida. Advérbios. São Paulo: Ática, 1988.

CÂMARA Jr., J. M. História e estrutura da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Padrão, 1979. p. 56-69.

CASCUDO, L. da C. História da cidade do Natal. 2. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1980.

CASTILHO, A. T.; CASTILHO, C. M. M. Advérbios modalizadores. In: ILARI, R. (Org.). Gramática do português falado. Campinas: Editora da UNICAMP, 1992. v. 2: Níveis de análise linguística, p. 213-260.

COSTA, Sônia B. Tempo e aspecto em já e ainda. In: SIMPÓSIO SOBRE DIVERSIDADE LINGUÍSTICA NO BRASIL, 1, 1986, Salvador: Atas... Salvador, UFBa, 1986.

COUTINHlO, Ismael de Lima. Gramática histórica. 7. ed. Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, 1978.

CUNHA, Celso; CINTRA, Lindley. Nova gramática do português contemporâneo. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, [s.d.].

DUCROT, O. O dizer e o dito. São Paulo: Pontes, 1987.

DUCROT, O. Provar e dizer. São Paulo: Global Universitária, 1981.

ILARI, et al. Considerações sobre a posição dos advérbios. In: CASTILHO, A. T. (Org.). Gramática do português falado. Campinas: FAPESP; Editora da UNICAMP, 1990. v. 1: A ordem, p. 63-141.

JORNAIS TRIBUNA DO NORTE, Diário de Natal, O Poti e Dois Pontos, anos 1990 e 1991.

MOREIRA, J. Estudos de língua portuguesa. Lisboa: [s.n.], 1913.

PAYNE, John R. Negation. In: SHOPEN, T. (Ed.). Language Typology and Syntactic Description. Cambridge: Cambridge University Press, 1985. v. 1: Clause Structure.

REVISTA VIVÊNCIA, Editora Universitária: UFRN, v. II, n. 4, 1984.

SAID ALI, M. Gramática secundária da língua portuguesa. Brasília: Universidade de Brasília, 1964.

SILVA NETO, Serafim da. Gramática normativa da língua portuguesa. 18. ed. Rio de Janeiro: Livraria São José, 1976.

SOUZA E SILVA, M. C. P. de; KOCH, I. V. Lingüística aplicada ao português: sintaxe. São Paulo: Cortez, 1983.

VOGT, Carlos. O intervalo semântico. São Paulo: Ática, 1977.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/2237-2083.2.1.63-77

Refbacks

  • There are currently no refbacks.
';



Copyright (c)



e - ISSN 2237-2083 

License

Licensed through  Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional