Desafios da gestão em educação a distância: uma análise a partir da visão do gestor / Challenges of management in distance education: an analysis from the manager's perspective

Alexandre Gomes Soares

Resumo


RESUMO: O presente trabalho apresenta os resultados de uma pesquisa que teve como objetivo compreender os limites e possibilidades da gestão de um curso na modalidade a distância que envolve as áreas de saúde e educação, com foco na percepção do gestor sobre sua gestão e sobre as consequências dela na atuação da equipe multidisciplinar de suporte. Trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa, em que se utiliza do Estudo de Caso, ao lado de técnicas como a análise de conteúdo e pesquisa documental. O aporte teórico foi fundamentado em Mill (2006) Mill et al. (2010) Mill e Carmo (2012), Rocha et al. (2007) que apresentam uma discussão sobre EaD e autores na área de administração institucional. A literatura que tem buscado analisar a gestão de EaD tem se baseado fortemente em entender as instituições e seus processos numa perspectiva multidisciplinar. Os resultados apontam afinidade do discurso do gestor acerca da gestão com os autores clássicos da Administração, o que se relaciona com sua área de formação. Apontam, também, contradições na percepção do mesmo acerca dos limites da gestão da EaD, quando se confronta sua fala com o relatório final do curso em análise.
PALAVRAS-CHAVE: educação a distância; gestão; equipe multidisciplinar; gestor.


ABSTRACT: The present study presents the results of a research that had as objective to understand the limits and possibilities of the management of a course in the distance modality that involves the areas of health and education, focusing on the perception of the manager about its management and the consequences of it in the multidisciplinary support team. It is a research of a qualitative nature, in which the Case Study is used, alongside techniques such as content analysis and documentary research. The theoretical contribution was based on Mill (2006), Mill et al. (2010, 2012), Rocha et al. (2007) who present a discussion about Distance Education (DE) and authors in the area of institutional administration. The literature that has sought to analyze the management of DE has been based heavily on understanding the organizations and their processes in a multidisciplinary perspective. The results point to the affinity of the manager's discourse about management with the classic authors of the Administration, which is related to his area of formation. They also point to contradictions in the perception of the same about the limits of the management of the DE, when confronting his speech with the final report of the course under analysis
KEYWORDS: distance education; management; multidisciplinary team; manager.

Palavras-chave


educação a distância; gestão; equipe multidisciplinar; gestor

Texto completo:

PDF

Referências


ANTUNES, R.; ALVES, G. As mutações no mundo do trabalho na era da mundialização do capital. Educação e Sociedade, v. 25, n. 87, p. 335-351, mai.-ago., 2004. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-73302004000200003&lng=en&nrm=iso. Acesso em 26 ago. 2013.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1979.

BENFATTI, E. de F. S. S.; STANO, R. de C. M. T. Utilização da tecnologia em Educação a Distância na formação de engenheiros de produção da Universidade Federal de Itajubá: uma avaliação educacional. Gest. Prod. [online]. 2010, v. 17, n. 2, p. 433-446. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/gp/v17n2/a16v17n2. Acesso em: 16 dez. 2017.

BELLONI, M. L. Ensaio sobre a educação a distância no Brasil. Educação e Sociedade [online]. v. 23, n. 78, p. 117-142, 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v23n78/a08v2378.pdf. Acesso em: 16 dez. 2017.

BELMONTE, V. Qualidade em Educação a Distância. 2012. 152f. Dissertação (Mestrado em Educação Tecnológica) – Centro Federal de Educação Tecnológica, 2012.

BOTTENTUIT JUNIOR, J. B. Cursos Online Abertos e Massivos (MOOCS): possibilidades de formação continuada a distância. Revista TICs e Ead em Foco (UEMA), v. 1, p. 1-19, 2015.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação à Distância. Referenciais de Qualidade para Educação Superior a Distância. Brasília: Secretária de Educação à Distância, 2007.

CHAUÍ, de M. Convite à filosofia. São Paulo.Ed. Ática, 2000.

CASTELLS, M. A Era da Informação: Economia, Sociedade e Cultura. Sociedade em Rede. v. 1. 3ª ed. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância (Org.) Censo EAD.BR: Relatório Analítico da Aprendizagem a Distância no Brasil 2015. Curitiba: InterSaberes, 2016. Disponível em: http://abed.org.br/arquivos/Censo_EAD_2015_POR.pdf. Acesso em: 16 dez. 2017.

CERNY, R. Z. Gestão pedagógica na educação à distância: análise de uma experiência na perspectiva da gestora. In: Reunião Anual da Anped, 2009. Disponível em: http://www.anped.org.br/internas/ver/reunioes-anuais. Acesso em: 27 ago. 2013.

CHIAVENATTO, I. Introdução à teoria geral da administração. 3. ed. São Paulo: McGraw-Hill, 1999.

GARCIA, M. A. Multiprofissionalismo e Intervenção Educativa: As escolas, os Projectos e as Equipas. Porto, Edições ASA, 1994.

HORA, D. L. Gestão democrática na escola: artes e ofícios de participação coletiva. Campinas: Papirus, 1994.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2006.

MARTINS, H. H. T. S.. Metodologia Qualitativa de Pesquisa. Educação e Pesquisa (USP), v. 30, p. 289-300, 2004.

MILL, D. et al. Gestão da educação a distância (EaD): noções sobre planejamento, organização, direção e controle da EaD. 2010. Disponível em: http://www.ufsj.edu.br/portal2-repositorio/File/vertentes/Vertentes_35/daniel_mill_e_outros.pdf. Acesso em: 10 ago. 2013.

MILL, D. EaD e trabalho docente virtual: sobre tecnologia, espaços, tempos, coletividade e relações sociais de sexo na Idade Mídia. 2006. 322f. Tese (Doutorado em Educação) — Faculdade de Educação, Universidade Federal de Minas Gerais (FAE/UFMG), Belo Horizonte, 2006.

MILL, D. R. S.; CARMO, H. Análise das dificuldades de educadores e gestores da educação a distância virtual no Brasil e em Portugal. In: I Simpósio Internacional de Educação a Distância e Encontro de Pesquisadores em Educação a Distância, 2012, São Carlos. Anais do SIED:EnPED, 2012. v. 1, p. 1-11. Disponível em: http://sistemas3.sead.ufscar.br/ojs/Trabalhos/158-1070-1-ED.pdf. Acesso em: 16 dez. 2017.

MINAS GERAIS. Universidade Federal de Minas Gerais. Departamento de Ciências Contábeis (Org.). Relatório 2010- Curso ESE. Belo Horizonte: Mimeo, 2011. 14 p.

MOORE, M.; KEARSLEY, G. Educação a distância: uma visão integrada. Tradução de Roberto Galman. São Paulo: Thomson Learning, 2007.

MORAES, M. et al. Guia do curso e docência em EAD: programa Aberta-Sul. Florianópolis: UFSC/UFSM, 2007. Disponível em: http://www.abed.org.br/congresso2009/apr/ElenaMariaMallmann28set.pdf. Acesso em: 10 ago. 2017.

MORAN, J. M. Textos sobre tecnologias e comunicação, 2002. Disponível em: http://www.eca.usp.br/prof/moran/textosead.htm. Acesso em: 06 set. 2017.

MOREIRA, M. da G. A composição e o funcionamento da equipe de produção. In: Educação a Distância: o estado da arte. Rio de Janeiro: Pearson, 2009.

MOTA, R. A Universidade Aberta do Brasil. In: Educação a Distância: o estado da arte. Rio de Janeiro: Pearson, 2011.

RIGHETTI, S. Folha de São Paulo (Ed.). Ensino a distância tem um terço dos alunos da área de educação no Brasil. Folha de São Paulo. São Paulo, 01 ago. 2016. p. 1-2. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/educacao/2016/08/1797780-ensino-a-distancia-tem-um-terco-dos-alunos-da-area-de-educacao-no-brasil.shtml. Acesso em: 26 jun. 2017.

ROCHA, M. M. S.; CAMPOS, A. F.; CARMO, R. B. Educação empreendedora: introdução à educação a distância: Didática do ensino superior, Metodologia de Pesquisa em Educação, 2007.

RODRIGUES, C. A. C. Gestão do sistema de educação a distância na Universidade Federal de Goiás – processo de implantação. XXIII Simpósio Brasileiro de Política e Administração da Educação. Anais… Porto Alegre, 2007. Disponível em: http://www.anpae.org.br/congressos_antigos/simposio2007/84.pdf. Acesso em: 27 ago. 2017.

RUMBLE, G. A gestão dos sistemas de ensino a distância. Brasília: UnB: UNESCO, 2003.

SEVERINO, A. J. Metodologia do trabalho científico. 21 ed. São Paulo: Cortez, 2000.

SILVA, M. O.; VITÓRIA, M. I. C. Formação continuada de professores: concepções e entendimentos de professores de um Curso de Hotelaria. 2012. IX ANPED Sul. Seminário de Pesquisa em Educação da Região Sul. Disponível em: http://www.ucs.br/etc/conferencias/index.php/anpedsul/9anpedsul/paper/viewFile/22/547. Acesso em: 12 set. 2017.

UNIVERSIDADE FEDERAL ALFA. DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS (BRASIL). Relatório 2010-Curso ESE, Belo Horizonte. 2011, 14p.




DOI: http://dx.doi.org/10.17851/1983-3652.10.2.106-122

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Texto Livre: Linguagem e Tecnologia
ISSN 1983-3652 (eletrônica)

Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais

Belo Horizonte - Minas Gerais (Brasil)

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.