Estudo da ocorrência de cyberbullying contra professores na rede social Twitter por meio de um algoritmo de classificação bayesiano

Rafael José de Alencar Almeida

Resumo


O presente trabalho pretende contribuir com o mapeamento e a mensuração da ocorrência da violência virtual contra professores na rede social Twitter, por meio de técnicas computacionais baseadas em mineração de dados da Internet (web mining) e aprendizagem de máquina (machine learning). Para tal, foi realizada, durante uma semana, a coleta de postagens referentes a professores na rede social, as quais foram normalizadas e submetidas a um algoritmo de classificação Bayesiano capaz de realizar automaticamente a categorização do teor das mensagens como positivas, negativas ou neutras. Como resultado, obteve-se uma visualização gráfica hierárquica dos dados capaz de fornecer uma visão geral da gravidade e abrangência do fenômeno.


Palavras-chave


Cyberbullying. Twitter. Mineração de Dados. Aprendizagem de Máquina. Filtro Bayesiano.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17851/1983-3652.5.1.77-83

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Texto Livre: Linguagem e Tecnologia
ISSN 1983-3652 (eletrônica)

Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais

Belo Horizonte - Minas Gerais (Brasil)

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.