“Vem pra rua”: o político e a política em rede

Benedito Fernando Pereira

Resumo


RESUMO:Considerando o político como a divisão social dos sentidos, este artigo procura verificar como se dá o processo de significação em uma sociedade cada vez mais interpelada pelo discurso eletrônico e os modos como o político e a política se veem afetados por ele. Para tanto, fazemos a análise discursiva dos enunciados “vem pra rua” e “somos a rede social”, que estiveram presentes em faixas e cartazes nos protestos de rua no Brasil em 2013, os quais foram organizados e transmitidos, em grande parte, pelo meio virtual. Observou-se que tais enunciados passam por um processo de apropriação e de ressignificação, com deslocamentos de sentidos que partem da lógica de mercado, vão para o social e retornam ao mercado. Observou-se também como o meio urbano se vê afetado pelo discurso eletrônico que passa a constituir os modos como ele produz sentidos.

PALAVRAS-CHAVE: redes sociais e o político; discurso eletrônico; ciberdemocracia e capitalismo.

 

ABSTRACT:Considering the political and the social division of senses, this paper seeks to check how is the process of signification in a society increasingly challenged by electronic discourse and the ways in which political and policy find themselves affected by it. In order do that, we make the analysis of discursive statements “vem pra rua” and “somos a rede social” that were present in banners and posters in street protests in Brazil in 2013, which were organized and delivered, in large part, by virtual means. We observed that such utterances go through a process of appropriation and re-signification, with shifting meanings that run of market logic, go to the social politics and go back to the market logic. We had also observed how the urban environment is affected by the electronic discourse that now constitutes the ways it makes sense.

KEYWORDS: social websites and politcs; electronic discourse; cyberdemocracy and capitalism.


Palavras-chave


redes sociais e o político; discurso eletrônico; ciberdemocracia e capitalismo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17851/1983-3652.7.2.61-75

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Texto Livre: Linguagem e Tecnologia
ISSN 1983-3652 (eletrônica)

Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais

Belo Horizonte - Minas Gerais (Brasil)

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.