Notas para uma política de ensino de línguas

José Carlos Paes de Almeida Filho

Resumo


RESUMO:O espectro de fatores coadjuvantes da formação de agentes para um ensino profissional e desenvolvido de línguas inclui uma política linguística que, por sua vez, abriga o campo das Políticas de Ensino de Línguas (Estrangeiras e Segundas) que nos interessam particularmente neste trabalho. Quando examinamos o índice obtido para o desenvolvimento do Ensino de PLE no Brasil, por exemplo, o quesito Políticas (oficiais) merece uma das mais baixas pontuações entre os catorze tomados em conta no trabalho de Almeida Filho (2007). Por que isso acontece? A situação é a mesma ou próxima a essa com referência às outras línguas de oferta no currículo escolar? O que é uma política de Ensino de Línguas e de PLE no arco de uma projetada política linguística no país? Quais os contornos de uma política de que precisamos para uso oficial e das instituições? Neste trabalho serão propostas respostas fundamentadas para essas questões atinentes a um nó que lentifica o desenvolvimento do Ensino de Línguas no país.

PALAVRAS-CHAVE: Índice de desenvolvimento do ensino de uma língua estrangeira. Política linguística. Política de ensino de línguas. Políticas para o Ensino de PLE. Contornos de uma política de ensino de línguas.



ABSTRACT: The range of supporting factors in the education of agents for a professional and developed teaching of languages includes language planning whose scope is wider and shelters important second and foreign language policies. For example, when the index for the development of Portuguese as a Foreign Language in Brazil is considered, the topic of official policies deserves one of the lowest scores among the fourteen criteria taken into consideration in the paper by Almeida Filho (2007). Why does this happen? Is the prospect similar for the languages most commonly taught at schools? What is a language teaching policy in the realm of a supposed language policy enforced in the country? Which are the contours of a policy needed for official purposes and by the institutions? In this article some answers are attempted for these questions associated to a cause that slows the development of Foreign Language Teaching in the nation.

KEYWORDS: Foreign Language teaching development index. Language policy. Language teaching policy. Policies for the teaching of Portuguese as a foreign language. Requirements for a language teaching policy.



Palavras-chave


Índice de desenvolvimento do ensino de uma língua estrangeira. Política linguística. Política de ensino de línguas. Políticas para o Ensino de PLE. Contornos de uma política de ensino de línguas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17851/1983-3652.8.1.124-136

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Texto Livre: Linguagem e Tecnologia
ISSN 1983-3652 (eletrônica)

Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais

Belo Horizonte - Minas Gerais (Brasil)

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.