Em Tese

A Em Tese é um periódico eletrônico quadrimestral do Programa de Pós-graduação em Estudos Literários da UFMG dedicado a divulgar produções e pesquisas nas áreas de Estudos Literários e de Artes.

A revista aceita textos inéditos – artigos, resenhas, relatos de ensino e traduções – que contemplem as áreas de Teoria da Literatura, Literatura Brasileira, Literaturas Clássicas e Medievais, Literaturas Estrangeiras Modernas, e Literatura Comparada.

Notícias

 

Entre andanças e movenças, a literatura de movimento: viagens, exílios e migrações

 

Entre o traço-rastro que risca o papel no momento da escrita e o texto que chega ao leitor, a escrita literária é caracterizada pelo movimento, que faz parte de diversas obras literárias as quais representam a imagem do ser em busca de adaptação ao mundo, sendo tema de trabalhos ficcionais e poéticos. São narrativas que abordam a experiência de trajetos - sejam eles conscientes ou inconscientes, de livre e espontânea vontade ou forçados - experienciados por aqueles que se locomovem de forma direta ou indireta. Nesse sentido, imagens representativas do movimento foram integradas às narrativas como forma de aprendizagem e também de reflexão, por meio de personagens banidos, exilados, errantes, estrangeiros, deslocados, desterritorializados, migrantes, filhos de migrantes, diaspóricos, filhos da diáspora, entre outros. Todo esse léxico, que pode ser aqui sumarizado pela expressão “condição exílica” (Alexis Nouss, Pensar o exílio e a migração hoje, 2016), evidencia o quanto a literatura, enquanto um espaço de reflexão da humanidade, seja no coletivo ou individualmente, pode representar o que chamamos aqui de movenças e andanças.

A partir desta perspectiva, a Revista Em Tese se propõe, por meio do presente dossiê, a colocar em trajeto diversos textos que abordam a escrita literária produzida tendo base os deslocamentos, sejam eles resultantes de um caminho traçado entre uma localidade e outra ou de um sentimento de despertencimento a nível psíquico. Trabalhos os quais tematizem os conceitos de exiliência (Alexis Nouss, Pensar o exílio e a migração hoje, 2016) e literatura sem morada fixa (Ottmar Ette, EscreverEntreMundos: literaturas sem moradia fixa, 2018), bem como aqueles que dialogam com representações da diáspora e das migrações e também que reflitam sobre os conceitos de território, nação (Benedict Anderson, Comunidades imaginadas: reflexiones sobre el origen la difusión del nacionalismo, 1993) e globalização serão bem vindos.

Tendo em vista essas considerações acima apresentadas e de forma a proporcionar reflexões e suscitar a escrita de textos para o dossiê, traçamos, tal qual um trajeto a ser percorrido, os seguintes questionamentos que podem orientar os pesquisadores que se interessam pelo tema abordado: de que maneira o deslocamento é representado na literatura? Como o espaço literário se torna um território, capaz de atribuir a si mesmo uma língua e uma identidade próprias? A escrita opera como um meio de representação dessas identidades fragmentárias, atribuindo uma coesão que é possível por meio da narrativa? Quais os desafios de se escrever sem fronteiras e em condição de migração?

 

Prazo para submissões: maio/2024

Submissões em: http://www.periodicos.letras.ufmg.br/index.php/emtese/index

 

A Em Tese é um periódico eletrônico quadrimestral do Programa de Pós-graduação em Estudos Literários da UFMG dedicado a divulgar produções e pesquisas nas áreas de Estudos Literários e de Artes.

A revista aceita textos inéditos – artigos, resenhas, relatos de ensino e traduções – que contemplem as áreas de Teoria da Literatura, Literatura Brasileira, Literaturas Clássicas e Medievais, Literaturas Estrangeiras Modernas, e Literatura Comparada

 
Publicado: 2023-12-13 Mais...
 
Outras notícias...

v. 28, n. 3 (2022): Literatura e história: o passado presente nas obras literárias


Capa da revista